Partido Moderado (Suécia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Moderado
Presidente Fredrik Reinfeldt (demissionário)
Fundado em 1904
Sede Estocolmo
Numero de afiliados 53 100
Ideologia Partido liberal-conservador
Cores Azul
Website
www.moderat.se

SuéciaPartidos políticos da Suécia Suécia
Fredrik Reinfeldt - líder do Partido Moderado sueco

O Partido Moderado (Moderata Samlingspartiet), fundado em 1904, é um partido liberal-conservador da Suécia, filiado ao Partido Popular Europeu.
O presidente do partido é Fredrik Reinfeldt, demissionário depois de ter perdido as eleições parlamentares de 2014.[1]
Como sua possível sucessora é apontada Anna Kinberg Batra.[2]
A organização juvenil do partido é Moderata Ungdomsförbundet.

Figuras de destaque[editar | editar código-fonte]

Líderes do partido[editar | editar código-fonte]

  • Fredrik Östberg (1904–1905)
  • Axel Svedelius (1905–1906)
  • Hugo Tamm (1907+)
  • Fredrik Östberg (1908–1912)
  • Arvid Lindman (1912–1917)
  • Olof Jonsson i Hov (1917)
  • Arvid Lindman (1917–1935)
  • Gösta Bagge (1935–1944)
  • Fritiof Domö (1944–1950)
  • Jarl Hjalmarson (1950–1961)
  • Gunnar Heckscher (1961–1965)
  • Yngve Holmberg (1965–1970)
  • Gösta Bohman (1970-1981)
  • Ulf Adelsohn (1981-1986)
  • Carl Bildt (1986-1999)
  • Bo Lundgren (1999-2003)
  • Fredrik Reinfeldt (2003-)

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Nas eleições parlamentares de 2014, o partido recebeu 23% dos votos, conquistando 84 assentos.
Nas eleições para o Parlamento Europeu em 2014, o partido conseguiu 14% dos votos, ganhando 3 assentos.

Referências

  1. Nilsson, Martin. "Reinfeldt: Jag avgår", Aftonbladet, 14 de setembro de 2014. Página visitada em 17 de novembro de 2014.
  2. Larsson, Lars. "Uppväxt nyliberal är tippad att leda M", Göteborgs-Posten, 17 de novembro de 2014. Página visitada em 17 de novembro de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]