Partido Operário Revolucionário (Grécia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Partido Operário Revolucionário da Grécia (grego: Εργατικό Επαναστατικό Κόμμα , Ergatiko Epanastatiko Komma , EEK ) é um partido político trotskista da Grécia, fundado em 1985, participa das eleições de forma independente [1] , desde sua saída da Frente de Esquerda Radical (Μέτωπο Ριζοσπαστικής Αριστεράς , ΜΕΡΑ) nas eleições de 2009 [2] . O EEK atua esporadicamente com a Frente de Esquerda Anticapitalista (Αντικαπιταλιστική Αριστερή Συνεργασία για την Ανατροπή , ANTARSYA), a qual o restante do MERA se ligou em 2009 [3] .

O jornal do partido é Νέα Προοπτική ( Nea Prooptiki , Nova Perspectiva). Outra das suas publicações é Επαναστατική Μαρξιστική Επιθεώρηση ( Epanastatiki Marxistiki Epitheorisi , Opinião Marxista Revolucionária), sua revista teórica. O EEK também publica textos marxistas clássicos.

Sua seção juventude é a Οργάνωση Επαναστατικής Νεολαίας, (Organização Revolucionária da Juventude, OEN) [4] . A revista mensal da OEN é a Κονσερβοκούτι ( Konservokouti, A Lata ), um título que procura deliberadamente ridicularizar a propaganda da extrema-direita que costumava reclamar por décadas que a esquerda usava latas para cortar a garganta de seus oponentes durante a Guerra Civil grega.

O Secretário-geral da EEK é Savas Mihail Matsas , ex-secretário do Comitê Internacional da Quarta Internacional .

O EEK é a seção grega da Coordenação para a Refundação da Quarta Internacional .

Referências

  1. Nota Eleitoral do EEK (em grego), Home page do EKK, página visitada em 11/02/2014
  2. Resolução do 9º Congresso do EEK (em grego), dezembro de 2004, página visitada em 11/02/2014
  3. EEK responde o chamado da ANTARSYA. ANTARSYA (10 de Outubro de 2013). Página visitada em 11/02/2014.(em grego)
  4. Artigos da OEN (em grego), página visitada em 11/02/2014