Partido Social Democrata da Suíça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Partido Socialista Suíço)
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Social Democrata da Suíça
Sozialdemokratische Partei der Schweiz (SP)
Presidente Christian Levrat
Secretário Thomas Christen
Fundação 21 de Outubro 1988
Sede Berna, Suíça
Ideologia social-democracia
Membros 35.000 (2011)
Cores encarnado
Site Página oficial (em alemão)

Partido Social Democrata da Suíça (PS, francês Parti Socialiste Suisse, italiano Partito Socialista Svizzero, romanche Partida Socialdemocratica da la Svizra) é um partido político fundado em 1888, que é denominado social-democrata. O partido foi criado para assegurar o trabalho de diversas associações de defesa dos interesses da classe operária. A sigla do partido é o PS. Hoje o PS é contra a energia nuclear e apoia a energia solar, é contra a xenofobia.[1]

O PS deriva seu nome da reivindicação de uma orientação política de esquerda atrás, e tem como objetivo a derrubada do capitalismo por meio do socialismo democrático. Hoje, com Simonetta Sommaruga e Alain Berset, o SP tem dois membros no Conselho Federal (2014), tornando-se um dos cinco partidos governistas.[2] Ela é membro da Internacional Socialista e membro associado do Partido Socialista Europeu. Desde março de 2008 Christian Levrat é o seu presidente.

História[editar | editar código-fonte]

Especialmente em Genebra, mas também em Zurique e Berna surgiram no início dos anos cinquenta os primeiros "seções" sociais e democráticas. A princípio, o partido era dominado por radicais socialistas. O partido praticava uma fundamental oposição ao governo, culminando com uma greve geral, em 1918. Em 1919, graças à adoção do voto proporcional, o partido conseguiu eleger um número maior de deputados : de 20, passou para 41 representantes. Nesse mesmo período, a partido opta por uma linha mais reformista e, dessa maneira, separa-se dos seus afiliados comunistas. Em 1943, tornou-se a primeira força política do país, o que lhe possibilita o acesso ao governo.[3]

Após um período de retrocesso, o partido se torna o mais forte partido nacional em 1995. Atualmente disputa com a União Democrática do Centro, que ocupa o primeiro lugar desde 2003. Nas eleições de 2007, o PS perdeu terreno por causa da progressão dos ecologistas. Obteve 19% dos votos e continua sendo o segundo partido, apenas atrás da UDC, com 43 deputados federais.

Ver tambem[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.sp-ps.ch/ger/Positionen/Die-SP-unterstuetzt
  2. http://www.sp-ps.ch/ger/Partei/Fraktion/Bundesrat
  3. http://www.sp-elgg.ch/new_site_3/diepartei/geschichte.html

Ligações externas[editar | editar código-fonte]