Partido Social Democrata da Suíça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Partido Socialista Suíço)
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Social Democrata da Suíça
Sozialdemokratische Partei der Schweiz (SP)
Presidente Christian Levrat
Secretário Thomas Christen
Fundação 21 de Outubro de 1988 (1988-10-21)
Sede Berna
Ideologia social-democracia
Espectro político Centro-esquerda
Membros  (2011) 35 000
Afiliação internacional Internacional Socialista,
Aliança Progressista
Afiliação europeia Partido Socialista Europeu
Grupo no Parlamento Europeu Grupo da Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas
Cores Vermelho
Site
http://www.sp-ps.ch

Partido Social Democrata da Suíça (PS, francês Parti Socialiste Suisse, italiano Partito Socialista Svizzero, romanche Partida Socialdemocratica da la Svizra) é um partido político fundado em 1888, que é denominado social-democrata. O partido foi criado para assegurar o trabalho de diversas associações de defesa dos interesses da classe operária. A sigla do partido é o PS. Hoje o PS é contra a energia nuclear e apoia a energia solar, é contra a xenofobia.[1]

O PS deriva seu nome da reivindicação de uma orientação política de esquerda atrás, e tem como objetivo a derrubada do capitalismo por meio do socialismo democrático. Hoje, com Simonetta Sommaruga e Alain Berset, o SP tem dois membros no Conselho Federal (2014), tornando-se um dos cinco partidos governistas.[2] Ela é membro da Internacional Socialista e membro associado do Partido Socialista Europeu. Desde março de 2008 Christian Levrat é o seu presidente.

História[editar | editar código-fonte]

Especialmente em Genebra, mas também em Zurique e Berna surgiram no início dos anos cinquenta os primeiros "seções" sociais e democráticas. A princípio, o partido era dominado por radicais socialistas. O partido praticava uma fundamental oposição ao governo, culminando com uma greve geral, em 1918. Em 1919, graças à adoção do voto proporcional, o partido conseguiu eleger um número maior de deputados : de 20, passou para 41 representantes. Nesse mesmo período, a partido opta por uma linha mais reformista e, dessa maneira, separa-se dos seus afiliados comunistas. Em 1943, tornou-se a primeira força política do país, o que lhe possibilita o acesso ao governo.[3]

Após um período de retrocesso, o partido se torna o mais forte partido nacional em 1995. Atualmente disputa com a União Democrática do Centro, que ocupa o primeiro lugar desde 2003. Nas eleições de 2007, o PS perdeu terreno por causa da progressão dos ecologistas. Obteve 19% dos votos e continua sendo o segundo partido, apenas atrás da UDC, com 43 deputados federais.

Ver tambem[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.sp-ps.ch/ger/Positionen/Die-SP-unterstuetzt
  2. http://www.sp-ps.ch/ger/Partei/Fraktion/Bundesrat
  3. http://www.sp-elgg.ch/new_site_3/diepartei/geschichte.html

Ligações externas[editar | editar código-fonte]