Partidos políticos dos Estados Unidos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Política dos Estados Unidos
Great Seal of the United States (obverse).svg

Este artigo apresenta o desenvolvimento histórico e o papel dos partidos políticos dos Estados Unidos. Durante a maior parte de sua história, a política estadunidense tem sido dominada pelo sistema bipartidário. No entanto, a Constituição dos Estados Unidos nunca disse nada sobre a questão dos partidos políticos; à época em que foi sancionada, em 1787, não haviam partidos no país. A necessidade de angariar apoio popular numa república levou à invenção dos partidos políticos na década de 1790.[1] Os estadunidenses inovaram ao criar novas técnicas de campanha que ligavam a opinião pública à política pública através do partido.[2]

Os cientistas políticos e historiadores dividem o desenvolvimento do sistema bipartidário estadunidense em cinco eras.[3] O atual sistema se consiste dos partidos Republicano e Democrata. No geral, desde a década de 1930 o Partido Democrata se posiciona na centro-esquerda da política estadunidense, enquanto o Partido Republicano se posiciona na centro-direita. Diversos partidos pequenos também operam nos Estados Unidos e, de tempos em tempos, elegem alguns representantes a nível municipal.[4]

Partidos atuais[editar | editar código-fonte]

O sistema político-partidário atual dos Estados Unidos é o bipartidarismo; dominado pelos partidos Republicano e Democrata. Esses dois partidos ganharam todas as eleições presidenciais no país desde o pleito de 1852. Eles têm se revezado no controle do Congresso desde pelo menos 1856.

Partido Democrata[editar | editar código-fonte]

O Partido Democrata é um dos dois maiores partidos políticos dos Estados Unidos. É o partido político mais antigo do mundo.[5] [6] [7] O Partido Democrata tem sido, desde a divisão do Partido Republicano nas eleições de 1912, a força progressista do país, se posicionando a favor do trabalho nas questões econômicas e sociais. A filosofia econômica de Franklin D. Roosevelt, que influenciou enormemente o liberalismo estadunidense, tem moldado boa parte da agenda política do partido desde a eleição de 1932. A coalizão do New Deal – uma união dos democratas com sindicalistas, operários, minorias (raciais, étnicas e religiosas), fazendeiros, sulistas brancos, intelectuais e com a máquina pública de várias cidades – controlou a Casa Branca até 1968, com a exceção dos dois mandatos de Dwight D. Eisenhower (de 1953 a 1961).

Em 2004, o Partido Democrata era o maior do país, com 72 milhões de eleitores (42,6% dos 169 milhões de eleitores registrados) afirmando serem filiados ao partido.[8] O atual presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, é o décimo-quinto democrata a assumir o posto e, desde as eleições de 2006, o Partido Democrata controla a maioria dos assentos no Senado dos Estados Unidos.

Partido Republicano[editar | editar código-fonte]

O Partido Republicano é o outro grande partido político dos Estados Unidos. Desde a década de 1880 é conhecido pela alcunha Great Old Party (GOP - Grande Partido Velho). Fundado em 1854 por ativistas anti-escravidão e modernizadores, o Partido Republicano ganhou notoriedade em 1860 com a eleição de Abraham Lincoln, que usou a máquina partidária para conseguir apoio para vencer a Guerra Civil Americana. O GOP dominou a política estadunidense por dois períodos, de 1854 a 1932. Atualmente, o Partido Republicano apoia uma plataforma política conservadora, que prega o liberalismo econômico, o conservadorismo fiscal e o conservadorismo social.

Em 2004, o GOP possuía 55 milhões de eleitores afirmando serem filiados ao partido.[8] O ex-presidente George W. Bush, que governou o país de 2000 a 2008, foi o décimo-nono republicano a assumir o posto. Desde as eleições de 2006, o Partido Republicano controla a maioria dos assentos na Câmara dos Representantes.

Outros partidos[editar | editar código-fonte]

Além dos dois maiores partidos, os Estados Unidos possuem uma série de outros partidos políticos que recebem apoio mínimo nas eleições gerais e não aparecem nas cédulas de todos os estados (com exceção do Partido Libertário e do Partido Verde). Os maiores são:

  • Partido da Constituição: Partido conservador fundado como o Partido dos Contribuintes dos Estados Unidos em 1992. O nome do partido foi oficialmente mudado em 1999; no entanto, alguns diretórios estaduais mantiveram o nome original. Segundo o especialista nas regras de acesso a cédulas de votação Richard Winger, é o terceiro maior partido nacional no número de eleitores filiados, com mais de 438.222 membros segundo dados outubro de 2008.[9] Isto faz dele o terceiro maior partido dos Estados Unidos. O Partido da Constituição defende uma plataforma baseada naquilo que acredita ser a intenção original dos Pais Fundadores, princípios estes que estariam na Declaração de Independência e na Bíblia. Em 2006, Rick Jore, do estado de Montana, se tornou o primeiro membro do partido a ser eleito para o Poder Legislativo estadual.
  • Partido Verde: Partido progressista fundado na década de 1980 que ganhou notoriedade nas eleições de 2000 com a candidatura de Ralph Nader à presidência dos Estados Unidos. Atualmente, a maior organização nacional com o nome Partido Verde nos Estados Unidos se chama Green Party of the United States, que eclipsou o anterior Green Party USA. O Partido Verde tem vencido eleições no nível municipal; a maioria dos candidatos verdes eleitos ganharam em eleições com cédulas nã-partidárias (isto é, quando os partidos dos candidatos não são divulgados nas cédulas de votação).[10] Em 2005, o partido tinha 305.000 membros afiliados no Distrito de Colúmbia e nos 20 estados que permitem filiação partidária.[11] Durante as eleições de 2006, o partido se tornou acessível nas cédulas de votação em 31 estados.[12] A plataforma do Partido Verde enfatiza o ambientalismo, a democracia participativa, a justiça social, o respeito à diversidade, a paz e a não violência.
  • Partido Libertário: fundado em 11 de dezembro de 1971,[13] é um dos partidos menores mais longevos e maiores da história dos Estados Unidos, alegando ter mais de 200.000 eleitores afiliados e mais de 600 partidários eleitos para cargos públicos,[14] incluindo prefeitos, executivos de condados, membros de câmaras municipais, membros de conselhos escolares e outras autoridades locais. Segundo informações do próprio partido, este teria mais pessoas em cargos públicos do que todos os outros partidos pequenos juntos.[14] A plataforma política do Partido Libertário reflete a defesa do liberalismo que seus partidários fazem, defendendo a regulação mínima da economia, o mercado laissez-faire, a proteção das liberdades civis, a não-regulação das fronteiras e o não intervencionismo na política de outros países, defendendo uma política externa que respeite a liberdade de comércio e de circulação entre todos os países.

Independentes[editar | editar código-fonte]

Alguns candidatos a postos políticos – e muitos eleitores – escolhem não se afiliar a nenhum partido político. Em alguns estados, os independentes não podem votar em eleições primárias, enquanto em outros eles podem votar em qualquer primária que quiserem. Os independentes podem ser de qualquer posição política, mas o termo geralmente se refere aos políticos ou eleitores que têm visões centristas que incorporam facetas da ideologia dos partidos Democrata e Republicano.

Comparação entre os partidos[editar | editar código-fonte]

A tabela abaixo classifica as ideologias políticas mais comumente associadas aos seis maiores partidos políticos dos Estados Unidos, assim como a posição oficial dos partidos em algumas questões sociais. Divergências podem ser encontradas dentro dos partidos, uma vez que nem todos os membros de um partido se submetem a todas as posições que este adota; geralmente, o nível de variação é maior entre os grandes partidos (Democrata e Republicano). Deve-se notar que os membros dos partidos podem ter opiniões divergentes em relação às questões abaixo, no que diz respeito a se elas devem ser reguladas por uma legislação estadual ou federal.

Comparação entre os partidos políticos dos EUA
Questões Partido Verde Partido da Justiça Partido Democrata Partido Libertário Partido Republicano Partido da Constituição
Plataforma política
  • Ambientalismo
  • Social democracia
  • Progressismo
  • Liberalismo americano
  • Liberalismo moderno
  • Progressismo
  • Liberalismo de direita
  • Liberalismo social
  • Minarquismo
  • Nacionalismo cristão
  • Paleoconservadorismo
  • Conservadorismo libertário
Maiores questões
sociais dos EUA
Restrição ao aborto Não[15] Não[16] Não[17] Não[18] Sim[19] Sim[20]
Financiamento público de campanhas Sim[15] Sim[16] Sim[17] Não[18] Não[21] Não[22]
Casamento entre pessoas do mesmo sexo Sim[15] Sim[16] Sim[17] Sim[23] Não[24] Não[25]
Sistema público de saúde Sim[15] Sim[16] Sim[17] Não[18] Não[26] Não[27]
Imposto progressivo Sim[15] Sim[16] Sim[17] Não[18] Não[28] Não[29]
Restrições à imigração Não[15] Não[16] Não[17] Não[30] Sim[31] Sim[32]
Pena de morte Não[15] Não[16] Não[17] Sim[18] Sim[33] Sim[34]
Legalização de drogas Sim[35] Sim[16] Sim[17] Sim[36] Não Não[37]
Controle do porte de armas Sim[38] Sim[16] Sim[17] Não[18] Não[24] Não[39]
Não intervencionismo Sim[15] Sim[16] Sim[17] Sim[18] Não[24] Sim[40]

Referências

  1. Roy Franklin Nichols (1967). The invention of the American political parties. Macmillan.
  2. Robert J. Dinkin, Campaigning in America: A History of Election Practices. (Greenwood 1989) Versão online
  3. Paul Kleppner, et al. The Evolution of American Electoral Systems (1983)
  4. William B. Hesseltine, Third-Party Movements in the United States (1962)
  5. Witcover, Jules (2003). "1". Party of the People: A History of the Democrats. p. 3.
  6. Micklethwait, John; Wooldridge, Adrian (2004). The Right Nation: Conservative Power in America. p. 15.
  7. Democratic Party, Encyclopædia Britannica online. Página acessada em 19 de novembro de 2012.
  8. a b Neuhart, Al. "Why politics is fun from catbirds' seats". USA Today. 22 de janeiro de 2004. Página acessada em 19 de novembro de 2012.
  9. NOVEMBER 2006 REGISTRATION TOTALS. Ballot Access News. Página acessada em 21 de novembro de 2012.
  10. "Green elected officials". Partido Verde dos Estados Unidos. Página acessada em 21 de novembro de 2012.
  11. "Green Party Ballot Status and Voter Registration Totals (United States)". Greens.org. Página acessada em 21 de novembro de 2012.
  12. "Greens Win Ballot Access in 31 States, Up From 17 in January". Partido Verde dos Estados Unidos. 5 de setembro de 2006. Página acessada em 21 de novembro de 2012.
  13. "Libertarian Party:Our History, LP.org". Partido Libertário. Página acessada em 21 de novembro de 2012.
  14. a b "Frequently asked questions about the Libertarian Party". Partido Libertário. Página acessada em 21 de novembro de 2012.
  15. a b c d e f g h Green Party 2004 Platform. Green Party (2004). Página visitada em 2011-05-12.
  16. a b c d e f g h i j Policy of the Justice Party. The Justice Party's website.
  17. a b c d e f g h i j The 2012 Democratic Party Platform: Moving America forward. Democratic Party (2012). Página visitada em 2012-09-14.
  18. a b c d e f g Libertarian Party Platform. Libertarian Party (2010). Página visitada em 2011-05-12.
  19. 2004 Republican Party Platform: on Abortion. United States Republican Party (2004). Página visitada em 2007-02-12.
  20. Constitution Party Platform (Sanctity of Life). Página visitada em 2008-03-25.
  21. Republican Platform: Protecting the Right to Vote in Fair Elections. United States Republican Party (2008). Página visitada em 2011-05-12.
  22. Constitution Party Platform: Election Reform
  23. "Libertarians press Congress on DOMA, ‘don’t’ ask, don’t tell’", Libertarian Party, 2009-08-17. Página visitada em 2009-08-26.
  24. a b c Republican Platform: Values
  25. Constitution Party Platform (Family). Página visitada em 2008-03-25.
  26. Republican Platform: Health Care
  27. Constitution Party Platform (Health Care and Government). Página visitada em 2008-03-25.
  28. Republican 2008 Platform: Government Reform
  29. Constitution Party Platform (Taxes). Página visitada em 2008-03-25.
  30. Libertarian Issues: Immigration
  31. Republican 2008 Platform: National Security
  32. Constitution Party Platform (Immigration). Página visitada em 2008-03-25.
  33. Republican 2008 Platform: Crime
  34. Constitution Party Platform (Crime). Página visitada em 2012-02-12. "We favor the right of states and localities to execute criminals convicted of capital crimes and to require restitution for the victims of criminals."
  35. Ii. Social Justice
  36. lp.org - LP Monday Message: 20 Obama problems, 20 Libertarian solutions
  37. Constitution Party Platform: Drug Abuse
  38. Green Party Platform: Criminal Justice
  39. Constitution Party Platform (Gun Control). Página visitada em 2012-02-12.
  40. Constitution Party Platform. Página visitada em 2012-02-12.