Passaré

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Passaré (Fortaleza))
Ir para: navegação, pesquisa
Passaré
—  Bairro do Brasil  —
Mapa de Fortaleza com destaque para o bairro.
Mapa de Fortaleza com destaque para o bairro.
Distrito Mondubim
Município Fortaleza
Limites Norte: Itaperi, Castelão e Dias Macêdo
Sul: José Walter
Leste: Cajazeiras e Barroso
Oeste: Parque Dois Irmãos
Subprefeitura Secretaria Executiva Regional (SER) V
Fonte: Não disponível

Passaré é um bairro de classe média alta da cidade de Fortaleza[1] , localizado na Zona Sul da capital, no Estado do Ceará, administrado pela Secretaria Executiva Regional VI da Prefeitura Municipal de Fortaleza. É um dos bairros mais valorizados de Fortaleza, atraindo a atenção de várias imobiliárias para a região, com a construção de condomínios de casas e apartamentos de luxo nos últimos anos.

História[editar | editar código-fonte]

O bairro Passaré teve origem na Sesmaria da Lagoa do Passaré, localizada entre as terras da então Vila de Arronches, hoje Parangaba e a Vila de Messejana, concedida no início do Século XIX ao lusitano Antônio José Moreira Gomes. A Sesmaria veio à se desmembrar em glebas menores, mas o seu núcleo primitivo - o Sítio Passaré – continuou com os descendentes do primeiro concessionário, até que foi adquirido, em 1942, pelo historiador Raimundo Girão, ex-Prefeito de Fortaleza, juntamente com o seu sogro Prudente do Nascimento Brasil, que era um dos herdeiros e tetraneto do primeiro concessionário.

No final dos anos 60 e inicio dos anos 70, após o loteamento e povoamento de grande parte da área do Sítio e da construção do Centro Administrativo do Banco do Nordeste, o nome Passaré extrapolou os limites do Sítio, vindo a dar nome a todo o bairro atualmente conhecido. O topônimo 'Passaré' em tupi-guarani significa lagoa do atalho.

Infra-estrutura[editar | editar código-fonte]

Possui vários residenciais e condomínios de casas e apartamentos na sua porção noroeste e norte, devido ao interesse de várias imobiliárias nos últimos anos. Vários prédios de apartamentos de luxo estão construídos nesse setor, como o Reserva Passaré, Mirantes Passaré, dentre outros. Há total pavimentação asfáltica nesse local do bairro, além de várias opções de lazer e entretenimento.

A malha viária possui vias importantes como: Avenida Juscelino Kubitschek (continuação da Avenida Alberto Craveiro), Avenida Pedro Ramalho (continuação da Avenida Dedé Brasil, conhecida também como Avenida Paranjana), Avenida Deputado Paulino Rocha, Avenida Pompílio Gomes, Avenida Prudente Brasil, Avenida Heróis do Acre , Rua Desembargador Otacilio Peixoto e Rua Cardeal Albino Lucianni .

O bairro possui ruas e avenidas em grande maioria com pavimentação asfáltica. Na área há três grandes supermercados: o Super do Povo, Santa Rita Passaré e Mercado Irmão Gêmeos além de vários mercadinhos de porte menor. Fica localizado também no bairro um hospital da rede Sarah, o Hospital Sarah Kubitschek que ocupa um grande terreno e atende pacientes de todo o Estado do Ceará. Possui também 2 postos de saúde e 26 escolas públicas e privadas. No bairro localiza-se o Cemitério Parque da Paz muito tradicional na capital cearense.

Lazer e Meio ambiente[editar | editar código-fonte]

No Passaré fica localizado o Parque Ecológico Passaré onde ficam os equipamentos da Prefeitura Municipal de Fortaleza: Zoológico Municipal Sargento Prata, o Horto Municipal e o Espaço Verde, que diariamente são visitados por inúmeras famílias de Fortaleza. Existem também diversas praças, onde os jovens usam campos e quadras de esporte para a prática de esportes.

Com relação ao meio ambiente, o bairro tem uma lagoa denominada de Passaré, que é uma das mais limpas de Fortaleza e possui diversos córregos e áreas verdes que fazem parte da bacia do rio Cocó.

Referências