Passenger to Frankfurt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Passenger to Frankfurt
Passageiro para Francoforte (PT)
Passageiro para Frankfurt (BR)
Autor (es) Agatha Christie
Idioma inglês
País Reino Unido
Género romance policial
Editora Collins Crime Club
Lançamento setembro de 1970
Páginas 256 (1ª edição, capa dura)
Edição portuguesa
Edição brasileira
Tradução Carmem Ballot
Editora Editora Nova Fronteira
Cronologia
Último
Último
Hallowe'en Party
The Golden Ball and Other Stories
Próximo
Próximo

Passenger to Frankfurt (Passageiro para Frankfurt, no Brasil1 Passageiro para Francoforte, em Portugal) é um romance policial de Agatha Christie, publicado em 1970.

Enredo[editar | editar código-fonte]

O diplomata Stafford Nye é abordado no aeroporto por uma mulher cuja vida está em perigo. Em um momento de fraqueza, ele lhe entrega seu passaporte e sua passagem aérea. A partir daí, ele se envolve numa intriga internacional, onde tem de se defrontar com a Condessa von Waldsausen, que usa métodos nazistas para tentar dominar o mundo através da manipulação e armamento da juventude.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Aquele parecia ser apenas mais um dia na rotina dos vôos internacionais. Mas um encontro inesperado no aeroporto de Frankfurt traz à tona uma trama diabólica que aponta para a possível existência de uma poderosíssima organização internacional, dedicada a semear o caos e criar uma nova ordem maligna sob o comando do “Jovem Siegfried”, anunciado como o filho de ninguém menos que... Adolf Hitler. Crimes, extorsões, contrabando de armas e tráfico de drogas são alguns dos ingredientes deste romance em que Agatha Christie faz a imaginação do leitor voar livremente.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.