Passifloraceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPassifloraceae
Passiflora alata

Passiflora alata
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Malpighiales
Família: Passifloraceae
Géneros
Ver texto.

Passifloraceae é uma família de angiospermas (plantas com flor - divisão Magnoliophyta), pertencente à ordem Malpighiales.

Morfologia[editar | editar código-fonte]

São plantas de hábitos herbáceos ou lenhosos. Apresentam tricomas diversos,folhas alternas, inteiras ou variadamente lobadas. possuem estípulas e geralmente apresentam 5 sépalas livres e 5 pétalas livres. Suas flores são vistosas,grandes e hermafroditas, cíclicas, diclamídeas e de simetria radial.

Relação entre Turneraceae e passifloraceae[editar | editar código-fonte]

Os estudos filogenéticos sustentam tanto o reconhecimento de Turneraceae como siatintas de passifloraceae como reunidas em uma única família, o que foi adotado pelo APG III (2009). Turneraceae juntamente com Meleshebiaceae estão fortemente associadas à Passifloraceae, famílias com a qual compartilham vários caracteres, dentre os quais destacam-se: presença de glândulas foliares, coleteres, arilo e endosperma persistente, formando assim um grupo parafilético em Malpighiales.

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Uma característica peculiar é a grande variabilidade foliar encontrada nesse gênero, que segundo MacDougal (1994) é a maior encontrada entretodas as angiospermas. Suas flores também são muito variáveis em tamanho e cor, com a corona e o perianto diversamente orientados e desenvolvidos, sendo que todas essas características devem ter surgido de um processo co-evolutivo com os agentes polinizadores (MacDougal 1994).

Distribuição geográfica[editar | editar código-fonte]

O grupo compreende cerca de 630 espécies, classificadas em 19 gêneros, de árvores, arbustos e, principalmente lianas. As passifloráceas são mais comuns em zonas tropicais e temperadas, mas algumas espécies, nomeadamente do género Adenia, estão adaptadas a condiçőes de aridez. Os frutos de algumas espécies do gênero Passiflora são comestíveis e conhecidos como maracujá.Desta família, apenas o gênero Passiflora ocorre no Estados Unidos .No Brasil ocorre apenas 4 gêneros e cerca de 140 espécies.

Importância econômica[editar | editar código-fonte]

Muitas espécies de Passiflora fornecem frutos comestíveis,como o maracujá, havendo assim um extenso comércio de seus frutos. Outras, apresentam flores vistosas e são usadas para ornamentação.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

A reprodução funciona predominantemente por fecundação cruzada. A autofecundação é rara e, quando ocorre, forma frutos menores e com poucas sementes (Semir & Brown 1975). As flores, com frequência, são bissexuais com hipanto em forma de taça a tubular.O hipanto que gradualmente se funde ao ovário com modificação do ovário súpero para ovário ínfero e reunião das flores em inflorescências.

Gêneros[editar | editar código-fonte]

Adenia - Ancistrothyrsus - Androsiphonia - Barteria - Basananthe - Crossostemma - Deidamia - Dilkea - Efulensia - Hollrungia - Mitostemma - Paropsia - Paropsiopsis - Passiflora - Schlechterina - Smeathmannia - Tetrapathaea - Tryphostemma - Viridivia

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies
Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Malpighiales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.