Passo de Halfaya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O passo de Halfaya (em árabe: ممر حلفيا, Mamarr Ħalfayā) é um passo de montanha no Norte de África, no Egito, já próximo da fronteira Egito-Líbia e de Sallum. Durante a Segunda Guerra Mundial, foi lugar de várias batalhas, em especial de tentativas das forças britânicas para reconquistar a Cirenaica, então em mãos das forças italo-alemãs comandadas por Rommel (Operação Battleaxe, Operação Crusader e Operação Brevity). Numa das batalhas mais conhecidas, o Hauptmann Wilhelm Bach, ao comando de una bateria antiaérea de 88 mm, reutilizada como arma antitanque, destruiu a partir do passo de Halfaya 11 dos 12 carros blindados britânicos que o atacavam, pertencentes ao 11th Hussars.