Passos (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Passos
Bandeira de Passos
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 14 de maio
Fundação 14 de maio de 1858 (156 anos)
Gentílico passense
Prefeito(a) Ataíde Vilela (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Passos
Localização de Passos em Minas Gerais
Passos está localizado em: Brasil
Passos
Localização de Passos no Brasil
20° 43' 08" S 46° 36' 36" O20° 43' 08" S 46° 36' 36" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Sul/Sudoeste de Minas IBGE/2008 [1]
Microrregião Passos IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Delfinópolis, Cássia, São João Batista do Glória, Alpinópolis, Bom Jesus da Penha, Jacuí, Itaú de Minas, Fortaleza de Minas.
Distância até a capital 343 km
Características geográficas
Área 1 339,199 km² [2]
População 111 651 hab. [3]
Densidade 83,37 hab./km²
Altitude 745 m
Clima Tropical de Altitude, Clima tropical chuvoso, com inverno seco e temperatura média de todos os meses superior a 18° C.
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,797 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 1,095,851,546 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 10,267,03 IBGE/2008[5]
Página oficial

Passos é um município brasileiro localizado no interior do estado de Minas Gerais, na Mesorregião do Sul e Sudoeste de Minas. Com uma população de 111 651 habitantes,[3] distribuídos em uma área total de 1.339 km², é a 4.ª maior cidade do Sul/Sudoeste Mineiro e a 26ª do Estado. Situa-se a 745 metros acima do nível do mar e possui clima Tropical de Altitude.

A formação de Passos inicia-se em meados do século XVIII, com as primeiras fazendas sendo implantadas entre 1780 e 1830, sendo que a Vila propriamente dita, inicia-se em 1848, sendo elevada à categoria de cidade no ano de 1858. O aniversário da cidade é comemorado no dia 14 de maio, portanto, possui hoje 166 anos.

A cidade se destaca como pólo regional, possuindo uma economia baseada principalmente na agropecuária e no agronegócio, em pequenas indústrias de confecções e móveis, além de um forte setor de serviços. Nos transportes, a cidade é servida principalmente pelas rodovias MG-050 e pela BR-146.

História[editar | editar código-fonte]

Por volta de 1780, tendo morrido o pai, o jovem Padre José de Freitas e Silva fixou-se em Jacuí e implantou a Fazenda Bonsucesso, ao pé do morro de São Francisco, onde instalou a mãe viúva e outros familiares. Dona Faustina Maria das Neves, daí para frente, dirigiu os destinos da fazenda, de cuja colônia, junto às faisqueiras do Bonsucesso, se originou a cidade de Passos.

À primeira e diminuta capelinha de Santo Antônio (edificada pelos paulistas) seguiu-se outra, na atual praça da Matriz, maior e em condições de ser curada, com a invocação do Senhor dos Passos (edificada pelos mineiros). Prevaleceu a segunda, sendo modificado o traçado urbano anterior.

A capela do Senhor dos Passos, iniciada em 1829 por iniciativa de Domingos Barbosa Passos, tornou-se o centro do arraial (1835), da Paróquia (1840), da vila (1848) e da cidade (1858).

Geografia[editar | editar código-fonte]

Topografia[editar | editar código-fonte]

Paisagens planas, sendo ligeiramente onduladas em determinados locais, com áreas bem adequadas a agricultura e pecuária. Os pontos mais elevados situam-se a 1224m, no morro Bom Descanso e a 1125m no morro Garrafão.

Tipo de solo[editar | editar código-fonte]

Os solos são originários de rochas pré-cambrianas, cuja análise química mostra grande riqueza em minerais primários, com altos teores de potássio, o que transfere aos solos características de alta fertilidade.

Recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

O Município é rico em recursos hídricos, estando situado na bacia de Rio Grande, Rio São João, Ribeirão Conquista e Ribeirão Bocaina, maior manancial de abastecimento de água à população de Passos.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima de Passos é Tropical de Altitude, com temperatura média anual superior a 18°C e inverno seco. A precipitação média anual é de 1.709,4 mm.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Etnias[editar | editar código-fonte]

Cor/Raça Percentagem
Branca 62,4%
Negra 8,7%
Parda 28,3%
Amarela 0,6%
Indigena 0,1%

Fonte: Censo 2000

Educação[editar | editar código-fonte]

Escolas Estaduais: Escola Estadual Nossa Senhora da Penha, Colégio Tiradentes da Polícia Militar, Escola Estadual Dulce Ferreira de Souza (Polivalente), Escola Estadual São José, Escola Estadual Dr. Tancredo de Almeida Neves, Escola Estadual Nazle Jabur, Escola Estadual Júlia Kubitschek (Colégio Estadual), Escola Estadual Comendador Francisco Avelino Maia (GOT), Escola Estadual Geraldo Starling Soares, Escola Estadual Deus, Universo e Virtude, Escola Estadual Lourenço de Andrade, Escola Estadual Caetano Machado da Silveira, Escola Escola Estadual Professor Jair Santos, Escola Estadual Abraão Lincoln, Escola Estadual Francisco da Silva Maia, Escola Estadual Nazle Jabur.

Escolas Municipais: Escola Municipal Francina de Andrade, Escola Municipal Amélia Jabace, Escola Municipal Professora Luzia de Abreu, Escola Municipal Professor Hilarino de Moraes, Escola Municipal Professor Ananias Emerenciano Campos, Escola Municipal Jalile Barbosa Calixto, Escola Municipal Emília Leal de Melo, Escola Municipal Angela Silveira, Escola Municipal Dr. Manoel Patti, Escola Municipal Professor Silas Roberto Figueiredo .

Escolas Particulares: Colégio Del Rey, Colégio Objetivo NHN, Colégio Status, Escola Lua de Cristal, Colégio São Francisco, Colégio Imaculada Conceição (CIC).

Ensino Superior e Técnico: Fundação de Ensino Superior de Passos - FESP (unidade fundacional associada à UEMG).[6] , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais.[7] , Instituto Educacional Máris Célis, Escola Técnica de Passos (ETEP), Cefan, entre outros.

Saúde[editar | editar código-fonte]

Na área da saúde, Passos é uma cidade com recursos para o tratamento de várias enfermidades, com 5 hospitais completos:

  • Hospital Santa Casa de Misericórdia de Passos
  • Hospital São José (Unimed)
  • Hospital Regional do Câncer de Passos
  • Hospital Otto Krakauer
  • UPA - Unidade de Pronto Atendimento

Futuramente a prefeitura estudará um projeto para implantação do Hospital da Mulher e Cidade da Saúde e do Saber.

Religião[editar | editar código-fonte]

Igreja Católica[editar | editar código-fonte]

O município pertence à Diocese de Guaxupé. A cidade e zona rural esta divida em 7 paroquias, sendo elas: Senhor Bom Jesus dos Passos, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora das Graças, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora da Penha, São Benedito e São Judas Tadeu. Em Passos também está o Mosteiro Carmelita São José, pertencente a Ordem das Carmelitas Descalças, aqui também foi fundada a primeira casa Rogacionista da América Latina, o Educandário Senhor Bom Jesus dos Passos, que iniciou atividades em 18 de Outubro de 1950, onde também funciona o Seminário Menor João Paulo I, fundado em 1980, Na cidade também funciona o Centro de Aprendizagem pró Menor de Passos (CAPP), que foi fundado pelos missionarios da Congregação de Irmãos de São Gabriel, onde até hoje atuam na formação das crianças carentes passenses.

Protestantismo[editar | editar código-fonte]

O município possui seis Igrejas Presbiterianas e duas Congregações, pertencentes ao Presbitério Vale do Rio Grande.

Conta também com vários ministérios das Igrejas Assembleia de Deus filiadas à CGADB (Missão, Belém) e CONAMAD (Madureira, Brás, ADEG), bem como pertencentes à outras convenções (Min. Ferreira, Min. Itaú de Minas, Min. Pratápolis, Duque de Caxias,etc) .

Possui ainda sete igrejas da Congregação Cristã no Brasil e duas Salas de Oração, pertencentes à regional de Guaxupé. As igrejas são localizadas nos bairros: Aclimação, Embratel, Califórnia, Santa Terezinha, Penha, Casarão e Carmelo que é a igreja Central. As salas de oração são nos bairros Santa Luzia e Novo Horizonte.

Há ainda quatro igrejas Comunidade Evangélica Apostólica Sara Nossa Terra , reunindo aproximadamente mil membros. Está subordinada ao Bispo Antônio Ribeiro Reis e Bispa Nelma de Fátima Lemos Reis (Bispos Regionais)de Minas Gerais, tendo a sede nacional em Brasília - DF.

Há também duas igrejas Casa de Oração (Movimento dos Irmãos).

Além dessas, há diversas outras igrejas e comunidades protestantes.

Maçonaria[editar | editar código-fonte]

Passos possui quatro lojas maçônicas regulares sendo elas:

  • Augusta, Respeitável e Grande Benfeitora Loja Simbólica "Deus, Universo e Virtude", filiada ao GOB/MG
  • Augusta e Respeitável Loja Simbólica "Leodolpho Evangelista da Rocha", filiada ao GOB/MG
  • Augusta e Respeitável Loja Maçônica "Deus, Justiça e Fraternidade", filiada à Grande Loja Maçônica de Minas Gerais
  • Augusta e Respeitável Loja Simbólica "Marcos Joelle", filiada ao GOMG/COMAB.

A cidade possui, também, o Capítulo "Jovens Unidos DeMolays de Passos", 461, da Ordem DeMolay, filiado ao Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil, e patrocinado pelas lojas maçônicas "Leodolpho Evangelista da Rocha", "Deus, Universo e Virtude" e "Marcos Joelle".

Economia[editar | editar código-fonte]

Destaque para a agroindústria (açúcar, álcool, fermento, laticínios,); agropecuária (cana, café, milho, gado de corte e de leite, avicultura de corte e de postura, suinocultura); indústria confeccionista e de serviços. Atualmente a cidade está se destacando na indústria moveleira. A indústria mobiliária (móveis rústicos e finos) vem se destacando e ganhando expressão nacional pela sua qualidade de acabamento, design diferenciado e durabilidade. Comércio forte, infraestrutura de serviços institucionais e privados, aliados à tradicional hospitalidade mineira fazem do turismo de compras em Passos realmente um diferencial para quem visita a cidade.[carece de fontes?]

Eventos[editar | editar código-fonte]

Exposições e mostras artísticas e fotográficas, lançamentos de livros fazem parte do intenso movimento cultural da cidade, que é dotada de excelente infraestrutura de espaços de pequeno, médio e grande porte elevam o nome de Passos como cidade dos eventos. Convenções, feiras e shows são regularmente realizados no município, tais como a EXPASS, com espetáculos musicais e leilões agropecuários.

Acontece em Passos no mês de Outubro, o 1º Fetival da Criança no Teatro, promovido pela Trupe Ventania, com apoio da ADESC Regional - Associação de Desenvolvimento Cultura.

Anualmente acontece também o Festival Selton Melo de Vídeo, promovido pela Faculdade de Comunicação Social de Passos, FESP/UEMG, quando são reunidos alunos de diversas escolas da cidade, os quais realizam produções audiovisuais para concorrerem entre si. Recebendo por diversas vezes, em seu encerramento, o ator e diretor passense Selton Melo.

Todo ano ocorre também o "Passos Motorcycles" no mês de Agosto e o "Festival Cultural Gastronômico Sabor de Passos", realizado de setembro a novembro. Concurso de petiscos entre bares, restaurantes e lanchonetes da cidade. Promovido pela Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), já está na 5ª edição (2012).

Também anualmente, no mês de Maio, acontece a "Marcha Para Jesus" que é realizada no dia dos Evangélicos de Passos, sempre no primeiro sábado após o aniversário da cidade de Passos, sendo promovido pelo COMEP-MG(conselho de Ministros Evangélicos de Passos-MG) juntamente com as igrejas evangélicas local.

Povo[editar | editar código-fonte]

Passos é famosa pelas boas festas, que incluem shows, bares, casas noturnas (boates). Nessas festas é possível conhecer toda a vitalidade do povo passense. Passos é conhecida na região pela hospitalidade do povo, além de toda uma cultura arraigada de muita festa e alegria. Além do lado agitado da cidade, pode-se, visitando a cidade, viajar no tempo, para uma época de sossego. [8]

Bairros[editar | editar código-fonte]

A cidade pode ser dividida em 4 diferentes zonas não oficiais:

Zona Oeste[editar | editar código-fonte]

Centro, São Benedito, Candeias, Jardim Continental, Muarama, Centenário, Santa Rita, Muarama II, Santa Helena, Santa Terezinha.

Zona Norte[editar | editar código-fonte]

Penha, Planalto, Alto dos Nobres, Maria Augusta, Jardim Satélite, Califórnia, Nova Califórnia, São Sebastião, Panorama, Santa Maria Gorete, Nossa Senhora de Lourdes, Jardim Helanine, Nossa Senhora de Fátima, Coimbras, Parque da Estação, Santa Casa, Cohab I, Cohab II, Cohab III, Cohab IV, Cohab V, Penha II, Primavera, Coração Eucarístico, Vila Betinho, Vila São José.

Zona Leste[editar | editar código-fonte]

Fórum de Passos na Avenida Arlindo Figueiredo

Jd. Polivalente, Canjeranus, Santa Luzia, Recanto da Harmonia, Carmelo, Bela Vista e Bela Vista II.

Zona Sul[editar | editar código-fonte]

Casarão, Jardim Colégio de Passos, Novo Mundo I, Novo Mundo II, Novo Mundo III, Condomínio das Nações, Condomínio Vale Verde, Vila Rica, Serra das Brisas, Recanto Del Rei, Novo Horizonte (Patrimônio), Belo Horizonte, Nossa Senhora das Graças, Exposição, Nossa Senhora Aparecida, Vila Romana, Jardim Itália, Jardim Canadá, Jardim Flamboyant, Aclimação, Recanto da Teka e Serra Verde.

A cidade possui dois Distritos Industriais, um na saída para São João Batista do Glória, e outro na entrada da cidade, próximo à Rodovia MG 050.

Cultura, Lazer e Turismo[editar | editar código-fonte]

Artes[editar | editar código-fonte]

  • Trupe Ventania (grupo teatral)
  • ADESC Regional - Associação de Desenvolvimento Cultural
  • Teatro Rotary
  • Cine Roxy
  • Cine Pipoca e Bala Pipper

Bibliotecas e Museus[editar | editar código-fonte]

  • Casa da Cultura
  • Palácio da Cultura
  • Estação Cultura

Igrejas e Capelas[editar | editar código-fonte]

Clubes e Parques[editar | editar código-fonte]

  • Clube Passense de Natação (CPN)
  • Cire FESP (antigo Passos Country Clube)

Parques e Praças[editar | editar código-fonte]

  • Parque de Exposições Adolfo Coelho Lemos;
  • Parque Municipal Dr. Emílio Piantino
  • Praça Monsenhor Messias Bragança (Praça da Matriz)
  • Praça Geraldo Silva Maia (Praça do Rosário)

Outros[editar | editar código-fonte]

  • Porto de Passos
  • Educandário de Passos
  • Carmelo

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. a b Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data de referência em 1º de julho de 2013 (PDF) Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (4 de outubro de 2013). Página visitada em 15 de novembro de 2013.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. FESP. Página visitada em 20 de março de 2012.
  7. IFSULDEMINAS. Página visitada em 20 de março de 2012.
  8. http://www.guiapassos.com.br/article_read.asp?art_id=9