Pata (artrópodes)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A pata de um inseto, com as suas subdivisões.

Pata ou perna é designação dada aos apêndices articulados do corpo dos artrópodes cujas funções principais são as de locomoção.[1] A presença dess tipo específico de apêndices foi acaracterísticaque deu nome ao filo Arthropoda.

Estrutura e filogenia[editar | editar código-fonte]

Os patas possuem numerosas subdivisões, segundo as articulações do membro, cujos nomes provêm do latim: coxa, trocânter, fêmur, tíbia e o tarso, que pode se subdividir em até cinco partes. O número de subdivisões principais pode variar, mas não é maior que oito, entre os artrópodes modernos.

Os cientistas acreditam que, nos ancestrais das espécies atuais, em cada metâmero havia um par de apêndices, que eram usados para nadar e para respirar. Ao longo da evolução, alguns metâmeros deixaram de ter apêndices; por exemplo, alguns apêndices da região cefálica adaptaram-se às funções de alimentação, originando diversos tipos de peças bucais, e outros adquiriram funções sensoriais, originando antenas, apêndices das regiões torácica e abdominal originaram pernas e nadadeiras.

As patas dos artrópodes são classificadas em unirramosas e birramosas, a depender da presença de ramificação, característica dos birramosos, como ocorre com as patas dos crustáceos. Essa classificação também é usada para algumas espécies do filo dos anelídeos.

Notas

  1. Richards, O. W.; Davies, R.G.. Imms' General Textbook of Entomology: Volume 1: Structure, Physiology and Development Volume 2: Classification and Biology. Berlin: Springer, 1977. ISBN 0-412-61390-5.