Patologia Social

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Patologia Social é uma série de cinco livros de Abel Botelho, à maneira da saga dos Rougon-Macquart e de Émile Zola. Tem por tema várias moléstias sociais que, na opinião do autor, infectavam a sociedade portuguesa do final do século XIX.

Os cinco títulos são:

  1. 1891 - O Barão de Lavos (homossexualidade)
  2. 1898 - O Livro de Alda
  3. 1901 - Amanhã, que se passa na classe operária de Lisboa
  4. 1907 - Fatal Dilema
  5. 1910 - Próspero Fortuna
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.