Patrícia Kogut

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.

Patrícia Kogut (Rio de Janeiro) é uma jornalista brasileira [1] . É filha do médico José Kogut e da tradutora-intérprete Dorothy Kogut, irmã da cineasta Sandra Kogut e da doutora em Literatura Inglesa pela University of Essex, do Reino Unido, Vivien Kogut Lessa de Sá. É esposa do jornalista Ali Kamel, diretor da Central Globo de Jornalismo, com quem se casou em novembro de 2002. Estudou na escola Francesa, no Rio de Janeiro, e, depois, no Bennett e no Andrews, também no Rio.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ingressou em 1982 no curso de Letras da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, mas logo mudou de curso, transferindo-se para o departamento de Comunicação Social da mesma universidade. Trabalhou nas revistas "Fatos", "Pais & Filhos" e "Desfile"(todas editadas pelo grupo Bloch Editores, que também era detentor da Rede Manchete). Desde 1995, trabalha no jornal carioca O Globo, onde ingressou como repórter da Revista da TV, da qual se tornou editora em 2000. Desde 1998, escreve a coluna diária "Controle Remoto", no "Segundo Caderno". Em setembro de 2011, a coluna deixou de ser chamada de Controle Remoto para receber o nome da titular. Nela, Kogut publica notícias e críticas sobre o que acontece na televisão. Desde 2003, mantém um blog no website do jornal (www.oglobo.com.br/kogut), sendo o mais acessado de todo o website [2] . [3] .

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.