Patrick Cordier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Patrick Cordier

Patrick Cordier é um alpinista francês que nasceu em 1946 em Paris e morreu a 5 de Junho de 1996.

Alpinista, guia de alta montanha especialista da escalada solo. É considerado como uma das figuras importantes da escalada da década de 1970[1] pois sempre tentou utilizar o mínimo possível o pitão.

Introduziu em França as técnicas que viu serem empregues no Canadá e na Califórnia [2] e em 1975 utiliza-a no pilar oeste da Ponta Lépiney, e em seguida faz a primeira ascensão do pilar sul da Aiguille de Roc sem utilizar um pitão!

Depois de se ter longamente exercido em solitários como o Pilier du Souvenir, o Nid d’Aigle e o Pilier de Choranche, em 1976 realiza a primeira ascensão da face sul da Aiguille du Fou, e convida o cineasta alpino Jacques Ramouillet que o filma de uma aresta próxima, o que dá origem ao filme Voyage en face sud [3] .

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em 1981 escreveu Les Préalpes do Sud que é o nono título das Les 100 plus belles courses; Paris, Demoël, 1977.

Referências

  1. Philippe Brass, Les plus belles voies de Presles, éditions Oros, 2005 ISBN 2-9100-6011-X p. 110
  2. Gilles Modica, « Patrick Cordier Un grimpeur libertaire », Montagnes Magazine, n°236, mai 2000
  3. Gilles Modica, « Patrick Cordier Un grimpeur libertaire », Montagnes Magazine, n°236, mai 2000