Patrick Kluivert

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Patrick Kluivert
Patrick Kluivert
Informações pessoais
Nome completo Patrick Stephan Kluivert
Data de nasc. 1 de julho de 1976 (38 anos)
Local de nasc. Amsterdam, Países Baixos
Altura 1,89
Apelido A pantera
Informações profissionais
Posição Atacante
Clubes de juventude
1993–1994 Países Baixos Ajax
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1994–1997
1997–1998
1998–2004
2004–2005
2005–2006
2006–2007
2007–2008
Total
Países Baixos Ajax
Itália AC Milan
Espanha Barcelona
Inglaterra Newcastle United
Espanha Valencia
Países Baixos PSV Eindhoven
França Lille OSC
00102 000(53)
0027 0000(6)
0257 000(122)
0037 0000(13)
0011 0000(1)
0016 0000(3)
0013 0000(4)
0343 00(149)
Seleção nacional
1994–2004 Países Baixos Países Baixos 0079 000(40)

Patrick Stephan Kluivert (Amsterdam, 1 de julho de 1976), é um ex-futebolista neerlandês.

Atacante muito técnico e de extrema precisão em suas finalizações, foi o maior artilheiro da seleção nacional, com 40 gols, até outubro de 2013, quando esta marca foi ultrapassada por Robin van Persie[1] . Marcou época no Barcelona, onde atuou entre 1998 e 2004, marcando um total de 120 gols, sendo 90 deles pela La Liga.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Patrick Kluivert começou no AFC Ajax em 1994, mas foi em 1995 que ele começou a ganhar sua fama, ao fazer o único gol da vitória do Ajax sobre o Milan na decisão a Liga dos Campeões da UEFA de 1994/1995. É um atacante que pode jogar tanto de centroavante ou como um atacante que se movimenta mais no campo.

Em 1997, foi para o Milan, mas no clube milanês, não obteve sucesso e foi negociado com o Barcelona, se reencontrando com o técnico Louis Van Gaal, técnico que o lançou no Ajax. Ao lado de seus compatriotas Phillip Cocu, Michael Reiziger, Zenden, Ruud Hesp, Frank de Boer, Ronald de Boer e Winston Bogarde, além de craques como Rivaldo, Luís Figo, Guardiola, Luis Enrique, Abelardo e Xavi.

No Barçelona conquistou o Campeonato Espanhol de 1998-99. Kluivert marcou 15 gols em 35 jogos. Formava a dupla de ataque com o compatriota Marc Overmars, mantendo uma boa média de gols, mas na temporada 2003-04, sofreu uma lesão no joelho que o afastou dos gramados por três meses. Após seu retorno, obteve um rendimento muito baixo, e foi vendido ao Newcastle United, da Inglaterra. Para o seu lugar, foi contratado o camaronês Samuel Eto'o.

Começava então a decadência de sua carreira. No clube inglês, ele também não obteve sucesso, e foi negociado com o Valencia, aonde disputaria a temporada 2005-06. Porém, Kluivert rescindiu seu contrato com o clube espanhol por sempre ficar no banco de reservas. Em 2006-07, chegou ao PSV Eindhoven, onde permaneceu apenas uma temporada. Foi para o Lille OSC, onde permaneceu até o final da temporada 2007-08. Após estas duas rápidas passagens, onde não obteve sucesso, optou por encerrar a sua carreira em julho de 2008.

Após o final do contrato voltou para os Países Baixos e participou do curso de formação de treinador que a KNVB, a federação holandesa, oferece aos grandes jogadores da seleção laranja.

Seleção nacional[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Holandesa, fez 79 partidas e 40 gols, sendo o maior artilheiro holandês até 2013, quando foi superado pelo compatriota Robin van Persie. Participou das Eurocopas de 1996, 2000 e 2004, e também das Copas do Mundo de 1998, aonde a Holanda, após ter empatado no tempo regulamentar com o Brasil por 1-1, com Kluivert marcando a favor dos holandeses, perdeu na disputa por pênaltis e também perderia a decisão o 3º lugar para a boa Seleção Croata da época, liderada por Davor Suker, por 2-1.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Kluivert durante sua rápida passagem pelo PSV Eindhoven.
Ajax
Barcelona
PSV Eindhoven

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

  1. Van Persie comemora recorde de golos pela Holanda. UEFA.com (13 de outubro de 2013).