Patrizia Laquidara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Patrizia Laquidara
Laquidara.jpg
Roma, 2008
(fotografia por Vinicio Coletti)
Informação geral
Nascimento 29 de Outubro de 1972 (41 anos)
Origem Catânia, província de Catânia, Sicília
País Itália Itália
Gênero(s) Pop
Instrumento(s) Vocais
Período em atividade 1998 - presente
Outras ocupações Cantora e Compositora
Página oficial www.patrizialaquidara.it

Patrizia Laquidara (Catânia, 29 de Outubro de 1972) é uma cantora e compositora italiana.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Patrizia Laquidara nasce em Catânia, Sicília, mas depois alguns anos muda-se para uma pequena cidade da província de Vicenza, no Norte da Itália. Aqui estuda música, trabalha como contabilista e canta em piano-bares nos finais de semana.

Em 1998 freqüenta a escola CET, em Bolonha, como cantora e compositora de música popular do Vêneto e da Lombardia. Esta escola é dirigida por o célebre Mogol, autor das letras das cancões de Lucio Battisti.

Em 1999 pública a canção "Stella nascente" no álbum "Canzoni per Ornella Vanoni e Mario Lavezzi", mas o seu amor verdadeiro é a música brasileira e publica, em 2001 o seu primeiro álbum pessoal "Para você querido Caé", dedicado a Caetano Veloso.

A sua canção "Agisce" (cantada em português também, "Age"), vence o "Prémio Città di Recanati", como melhor música, crítica e interpretação.

Em 2003 participa no Festival de Sanremo e conquista o Prémio da crítica e o Prémio da melhor interpretação, cantando a canção "Lividi e Fiori". Pública também o novo álbum "Indirizzo portoghese".

Em 2004 faz muitos concertos com "Indirizzo portoghese live" e canta com a pianista Debora Petrina.

Em 2005 faz a música do filme "Manuale d'amore", por Giovanni Veronesi. A canção mais notória deste filme é "Noite e luar", em língua portuguesa.

Em 2006 participa no festival internacional de música étnica "Suoni dell'altro mondo" e no "Premio Tenco".

Em 2007 pública o seu terceiro álbum, "Funambola" e recebe o "Prémio Maschera d'Oro" do Conservatório de Bolonha, como cantora de música popular.

Em 2009 participa na Festa do cinema italiano, em Lisboa. O emblema deste festival è a canção "Personaggio", do álbum "Funambola". Recebe o Prémio Giovanni Paisiello, dos Magna Grecia Awards e faz concertos nos EUA, nas cidades de Seattle, San Francisco, Los Angeles e New York.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • Stella nascente, no álbum "Canzoni per Ornella Vanoni e Mario Lavezzi" (1999)
  • Agisce
  • Lividi e fiori (2003)
  • Per causa d'amore
  • Indirizzo Portoghese
  • Parlami d'amore, Mariù
  • Le cose (2007)
  • Personaggio (2008)
  • Ziza (2008)
  • Assenza, no álbum "Capo Verde, terra d'amore vol. I" (2009)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]