Patti LaBelle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Patti LaBelle
LaBelle em desempenho no Alpha Kappa Alpha celebração centenária, em Julho de 2008.
Informação geral
Nome completo Patricia Louise Holte
Também conhecido(a) como Patti
Patricia Edwards
Nascimento 24 de maio de 1944 (69 anos)
Filadélfia, Pensilvânia
 Estados Unidos
Gênero(s) R&B, soul, pop, soft rock, gospel, disco, funk, rock 'n' roll
Instrumento(s) vocal
Período em atividade 1958 - atualmente
Outras ocupações Compositora, atriz, autora
Gravadora(s) Epic, Philadelphia International, MCA, Def Soul Classics, Umbrella, Bungalo
Afiliação(ões) Labelle, Michael McDonald, Yolanda Adams, Mariah Carey, Ciara, Mary J. Blige
Página oficial www.pattilabelle.com

Patricia Louise Holte (Filadélfia, 24 de maio de 1944), mais conhecida pelo seu nome artístico Patti LaBelle, é uma premiada cantora, compositora e atriz estadunidense com mais de 50 anos de carreira. Durante 16 anos, LaBelle foi a vocalista do grupo Labelle, pelo qual lançou sua canção assinatura Lady Marmalade em 1974. Neste período emplacou os maiores sucessos das paradas musicais de R&B, Pop e eventualmente Disco.

LaBelle iniciou sua carreira solo em fins da década de 1970, seguindo a dissolução do grupo. Emplacou grandes sucessos nas paradas pop, como: On My Own (em dueto com Michael McDonald), If You Asked Me To, Stir It Up e New Attitude. On My Own alcançou a 1ª posição em diversos países.[1]

Detentora da marca de 50 milhões de cópias vendidas, LaBelle foi incluída na Calçada da Fama de Hollywood[2] e na Calçada da Fama do Apollo. Além de ter sido homenageada com um "Legend Award" por sua contribuição para a música norte-americana no World Music Awards. Foi ainda agraciada com um Grammy Hall of Fame em 2003 pelo legado da canção Lady Marmalade.[3] Sua biografia oficial, Don't Block the Blessings, permaneceu no topo da lista de best-sellers do New York Times.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nascida na Filadélfia, cresceu cantando em uma igreja Batista e destacou-se por cantar diversos gêneros musicais. Em 1991, o álbum Burnin, recebeu um Grammy de melhor performance R&B.[4] . A diva do soul Patti LaBelle, teve uma das carreiras mais longa na vida da música contemporânea, com muitos hits em muitas variedades. Em 1965, The quartet, conhecido agora como Patti LaBelle & the Bluebelles, assinou um contrato com a Atlantic, onde ganhou mais um hit com sua versão de "Somewhere Over the Rainbow", posse do grupo Atlantic que foi muito decepcionante, porém, em 1967, Birdsong substituído por Florence Ballard no Supremes.[5]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.