Paul Acker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Paul Acker (Saverne, 14 de setembro de 187427 de junho de 1915) foi um romancista francês, premiado pela Academia Francesa de Letras em 1915. Jornalista, foi colaborador de Gaulois, de L'Écho de Paris, da Revue des deux mondes, de Illustration e da Revue de Paris. Morreu em decorrência de um acidente automobilístico na Alsácia liberada.

Bibliografia parcial[editar | editar código-fonte]

  • La petite Madame de Thianges, 1906
  • Le désir de vivre, 1907
  • Les exilés, 1911
  • Le beau jardin, 1912
  • Les demoiselles Bertram, 1914
  • Tante Babiole - Coleção Stella N°76
  • Les deux cahiers - Coleção Stella N°174
  • Les exilés - Select-Collection N°164

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira.
  • Nova Enciclopédia Portuguesa, Ed. Publicações Ediclube, 1996.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.