Paul Camenisch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Paul Camenisch (Zurique, 7 de novembro de 1893Basileia, 13 de fevereiro de 1970) foi um arquiteto, pintor e desenhista suíço, adscrito ao expressionismo. Foi fundador dos grupos artísticos expressionistas Rot-Blau, Rot-Blau II e Gruppe 33.

De 1912 a 1916 estudou arquitetura na Escola Politécnica Federal de Zurique, com Karl Moser.

De 1916 a 1919 foi capataz na Prússia Oriental, Danzig e Berlim. De 1919 a 1923 trabalhou em várias empresas de arquitetura.

Entre 1921 e 1924 pintou aquarelas de paisagens arquitetônicas fantásticas. Em 1923 mudou-se para Tessino, para se tornar pintor. Em 1924 fundou o grupo de artistas Rot-Blau, com Albert Müller, Hermann Scherer e Werner Neuhaus.

Em 1926 conheceu a Ernst Ludwig Kirchner em Davos. Após a morte de Scherer e Müller fundou em 1928 o grupo Rot-Blau II, com Hans Stocker, Coghuf (Ernst Stocker), Otto Staiger, Charles Hindenlang e Max Sulzbachner. Em 1933 foi um dos fundadores do grupo artístico Gruppe 33 de Basileia, do qual foi presidente de 1936 a 1952, até ser expulso em 1953.

Camenisch foi incluído em 1937 na exposição Arte degenerada, organizada pelos nazistas em Munique.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Emil Szittya: Neue Tendenzen in der Schweizer Malerei. [Mit] Abb. von Camenisch, Coghuf, Hindenlang, Staiger, Stocker, Sulzbachner. París, 1929.
  • Gruppe 33 : Otto Abt, Walter Bodmer, Serge Brignoni, Paul Camenisch, Charles Hindenlang ... : [hommage an Bénédict Remund, Hans R. Schiess, Max Sulzbachner zum 100. Geburtstag]. Basilea: Galerie Carzaniga + Ueker, 2004.

Referências

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em espanhol, cujo título é «Paul Camenisch».