Paul Celan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Celan aos 18 anos
Sepultura de Paul Celan, perto de Paris.

Paul Celan (Cernăuţi, 23 de novembro de 1920Paris, 20 de abril de 1970) foi um poeta romeno radicado na França.

Seu verdadeiro apelido de família era Antschel (ortografia alemã) ou Ancel (ortografia romena). Celan é um anagrama da ortografia romena.

Sobrevivente do Holocausto, Celan é considerado um dos mais importantes poetas modernos da língua alemã. Suicidou-se por afogamento.

Prêmios (seleção)[editar | editar código-fonte]

Referências Bibliográficas em língua portuguesa[editar | editar código-fonte]

Traduções[editar | editar código-fonte]

  • CELAN, P. Poemas, tradução e introdução de Flávio Kothe. Rio de Janeiro, 1977.
  • CELAN, P. Hermetismo e Hermenêutica, introdução, tradução, comentários e organização de Flávio Kothe. Rio de Janeiro 1985.
  • CELAN, P. Sete Rosas mais tarde. Trad. João Barrento e Yvete Centeno. Lisboa 1993. S. XV-XXVIII.
  • CELAN, P. Arte Poética: O Meridiano e outros textos, tradução de João Barrento e Vanessa Milheiro, posfácio e notas de João Barrento. Lisboa 1996a.
  • CELAN, P. A morte é uma flor. Poemas do espólio. Trad. de João Barrento. Lisboa, 1998.
  • CELAN, P. Cristal. Trad. Claudia Cavalcante. São Paulo 1999.
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.