Paul Kalisch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Paul Kalisch
Informação geral
Origem ╣localnasc

Paul Kalisch (Berlim, 6 de novembro de 1855St. Lorenz, Alta Áustria, 27 de janeiro de 1946) foi um tenor alemão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Kalisch foi um dos cinco filhos de David Kalisch, escritor judeu cristão, fundador da revista satírico-política "Kladderadatsch", e de sua esposa Sophia.

Kalisch estava destinado a ser arquiteto, mas em uma festa familiar na casa de seu cunhado Paul Lindau, onde Kalisch cantou peças de Schubert e Wagner, a voz impressionou tanto Pollini e Adelina Patti que estes o convenceram a ir para os palcos. Logo após isso, Kalisch foi à Itália para estudar com Leoni e Lamperti, estreiando em Varese, em 1880, no papel de Edgardo em Lucia di Lammermoor. Depois de uma turnê de sucesso por Itália e Espanha, ele cantou em 1883 nas óperas reais de Munique, Berlim e Viena, e nos teatros municipais de Hamburgo, Leipzig, e Colônia.

Permaneceu pouco tempo na Alemanha e, posteriormente, junto a Lilli Lehmann, com quem se casou, foi a Londres, once cantou Tristão e Isolda no Her Majesty's Theatre. Da Inglaterra, Kalisch foi aos EUA, onde passou seis temporadas de inverno: quatro no Metropolitan Opera e outras duas em diversos teatros estadunidenses, viajando pelo país com Anton Seidl, a cantar óperas de Wagner. Quando voltou à Europa, apresentou-se na Alemanha, em Viena, Budapeste, Paris, e Londres; porém, conseguiu seus maiores sucessos no Wiesbadener Festspiele, onde cantou para a família real. Recebeu o título de Kammersänger pelo duque Ernesto II de Saxe-Coburgo-Gota. Os papéis em que Kalisch obteve maior sucesso foram O Profeta, Eleazar, Otello, Siegmund, Siegfried, Tannhäuser, e Tristão. Kalisch novamente apareceu em Tristão em Paris e Colônia, em 1901.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.