Paulo da Grécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Paulo I da Grécia)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde março de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Paulo
Rei dos Helenos
Rei da Grécia
Reinado 1 de abril de 1947
a 6 de março de 1964
Predecessor Jorge II
Sucessor Constantino II
Esposa Frederica de Hanôver
Descendência
Sofia da Grécia
Constantino II da Grécia
Irene da Grécia
Casa Schleswig-Holstein-
Sonderburg-Glücksburg
Pai Constantino I da Grécia
Mãe Sofia da Prússia
Nascimento 14 de dezembro de 1901
Atenas, Grécia
Morte 6 de março de 1964 (62 anos)
Atenas, Grécia
Enterro Cemitério Real, Palácio de Tatoi, Atenas Grécia
Religião Ortodoxa Grega
Assinatura

Paulo (Atenas, 14 de dezembro de 1901 – Atenas, 6 de março de 1964) foi o Rei da Grécia de 1947 até sua morte. Era filho do rei Constantino I e Sofia da Prússia, sucedendo seu irmão Jorge II.

Casou-se com Frederica de Hanôver em Atenas e teve três filhos: Sofia, Constantino II e Irene. De 1917 a 1920, Paulo viveu no exílio com o seu pai, Constantino I. A partir de 1923 a 1935, e novamente de 1941 a 1946, ele viveu no exílio novamente, desta vez com o seu irmão, Jorge II da Grécia. Durante a maior parte da II Guerra Mundial, quando a Grécia estava sob a ocupação alemã, ele foi com o governo grego em exílio em Londres e Cairo. Do Cairo, ele transmitia mensagens para o povo grego.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Jorge II
Rei dos Helenos
1947 - 1964
Sucedido por
Constantino II
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.