Paulo Vannuchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paulo Vannuchi
Paulo Vannuchi em 2008. foto: Elza Fiúza/Agência Brasil
Nascimento 15 de maio de 1950 (63 anos)
São Joaquim da Barra
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Jornalista, político

Paulo de Tarso Vannuchi (São Joaquim da Barra, 15 de maio de 1950) é um jornalista e político brasileiro.

É graduado em jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, de 1977 a 1980, com mestrado em ciência política também na USP.

Ocupou o cargo de Ministro de Estado Chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República de dezembro de 2005 a dezembro de 2010. Teve participação efetiva nos movimentos de esquerda durante o regime de exceção. Trabalhou na elaboração do livro "Brasil Nunca Mais", coordenado por dom Paulo Evaristo Arns.

Atualmente ocupa o cargo de direção no Instituto Lula.

Em junho de 2013, foi eleito para uma das vagas da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Mário Mamede Filho
Ministro de Estado Chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República
2005 — 2010
Sucedido por
Maria do Rosário Nunes


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.