Pedra do Sino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde abril de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Pedra do Sino, com 2.275(*) metros de altitude, é o ponto culminante do Parque Nacional da Serra dos Órgãos e da cidade de Teresópolis, no estado brasileiro do Rio de Janeiro. É um local muito procurado por montanhistas e alpinistas para a prática de diversos esportes e atividades turísticas.

Seus vales e penhascos imensos e várias plataformas de observação oferecem uma visão panorâmica de toda região.

Atualmente, suas trilhas vem sendo usadas por muitos visitantes que buscam um lugar tranquilo para entrar em contato com a natureza, aproveitar um visual ímpar e respirar o ar puro da montanha.

Além disso, o lugar oferece alguns trechos para a prática de rapel e escaladas. A época mais recomendada para visita é o inverno, devido ao baixo índice de chuvas, que são um dos maiores perigos no alto da montanha.

A cachoeira Véu da Noiva, em épocas cheias (verão, por exemplo), possui uma queda d'água alta, com mais de 10 metros.

A subida de 12 km possui 4 "Abrigos" que são como check-points da subida. O primeiro abrigo é uma caverna a 5 minutos do Véu da noiva. O segundo abrigo não existe mais,pois como ficava longe de qualquer fonte d'água, as pessoas acabaram o abandonando. O terceiro é uma clareira aonde cabem algumas barracas e fica próximo a um mirante onde tem uma ótima vista de toda Teresópolis / Guapimirim / Baixada Fluminense e do Rio de Janeiro. O quarto abrigo, que há alguns anos foi reconstruído, é uma pequena casa e uma clareira (onde barracas e sacos-de-dormir podem ser dispostos) a cerca de 2000 metros de altitude e a dez minutos do topo. Depois da reforma ele oferece ao visitante maior conforto na pernoite, como beliches, banho quente e cozinha com fogão (pagos). No entanto, estes luxos são dispensados por aqueles que buscam mais aventura na expedição ou que querem economizar.

O fornecimento de energia elétrica do local é gerada através de energia solar e energia eólica, a água é bombeada de uma nascente da própria montanha. Essa energia é pouca e é racionada, sendo usada somente em emergências, então a iluminação é a base de velas. A água é aquecida a gás, e o banho de cinco minutos custa, por isso, 10,00 reais.

O turista que fizer a trilha deve guardar o lixo produzido e levar de volta para a entrada do parque.

Os passeios mais comuns no Parque são:

  • subida à Pedra do Sino, partindo da entrada da Sede do parque de Teresópolis - RJ (12 km)
  • Travessia, partindo de Teresópolis ou de Petrópolis (37 km)
  • Trilha suspensa Mozart Catão

(*) - Baseado nas novas medições efetuadas pelos pontos culminantes (montanhas brasileiras), a altitude da Pedra do Sino é 2275 metros, e não 2263 metros, como constava pela medição antiga.

Uma curiosidade: é conhecido como Parque Nacional Serra dos 'Órgãos' porque quando navios chegavam na baia de Guanabara enxergavam um instrumento musical, e não partes do corpo humano como todos pensam. (palestra no próprio PaNaSO)