Pedrinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nota: Este artigo é sobre o personagem infantil. Para outras acepções, veja Pedrinho (desambiguação).
Pedro Encerrabodes de Oliveira
Pedrinho-e-Saci-Lobato.jpg
Pedrinho (esquerda) e o saci-pererê. Uma gravura de Manuel Victor Filho para o livro Caçadas de Pedrinho.
Morada Taubaté, durante as férias o Sítio do picapau amarelo
Idade 10 Anos
Espécie Humano
Família Encerrabodes de Oliveira
Criado por Monteiro Lobato
Gênero(s) Masculino
Primeira aparição A Menina do Narizinho Arrebitado
Última aparição Histórias Diversas
Projecto Literatura  · Portal Literatura

Pedrinho é um personagem fictício das obras de Monteiro Lobato.

O personagem[editar | editar código-fonte]

Seu nome é Pedro Encerrabodes de Oliveira. É um menino bastante corajoso (seu único medo é de marimbondo) aventureiro e namorador, neto de Dona Benta e primo de Lúcia (Narizinho), Pedrinho mora na cidade e sempre vem passar as férias no sítio de sua avó. É lá que ele junto com sua prima, a boneca Emília, o Visconde de Sabugosa e outros tramam e aprontam várias travessuras e reinações no sítio e até no espaço sideral. Ele tem 10 anos, e tem cabelos curtos. É bem aventureiro em Reinações de Narizinho, primeiro livro em que Pedrinho aparece. Em suas aventuras, sua arma é o Bodoque. O mês de seu aniversário é abril [1] .

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Cinema e televisão[editar | editar código-fonte]

Pedrinho foi retratado pela primeira vez no filme teatral O Saci (1951), dirigido por Rodolfo Nanni, baseado no livro de mesmo nome. Lívio Nanni, que é sobrinho do diretor, interpretou Pedrinho no filme. [2] A partir de 1952, em uma série de televisão que foi ao ar pela extinta Rede Tupi, Pedrinho foi interpretado por vários atores, entre eles: Sérgio Rosemberg, Julinho Simões, David José e Newton da Matta. Em uma série de televisão que foi exibida pela Rede Bandeirantes entre 1967 e 1969, Pedrinho foi interpretado por quatro atores (não identificados), durante os três anos em que ficou no ar. [3]

Em um segundo filme teatral, O Picapau Amarelo (1973), dirigido por Geraldo Sarno e baseado no livro de mesmo nome, Pedrinho foi interpretado por Cid Ribeiro. [4]

Pedrinho foi interpretado pelo ator Júlio César, depois substituído por Marcelo José e por último por Daniel Lobo; na série de televisão produzida pela entre 1977 a 1986, que é considerada um clássico.

Na série da Rede Globo de 2001, César Cardadeiro interpretou o personagem entre 2001 e 2003; João Vitor Silva em 2004 e 2005; Rodolfo Valente em 2006; e Vitor Mayer no último ano de exibição em 2007.

Na série animada de 2012, produzida pela Globo e Mixer, Vini Takahashi dublou a vóz de Pedrinho nos episódios da primeira temporada. [5] Takahashi foi substituido por Pedro Volpato nos episódios da segunda temporada. [6]

História em quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Sítio do Picapau Amarelo tornou-se uma história em quadrinhos em 1979, publicada pela RGE. Os personagens mais tarde recebeu seus próprios títulos, incluindo Pedrinho. A série de TV de 2001 foi trazida para o formato de história em quadrinhos em 2003, para a campanha contra a fome nacional brasileira Fome Zero, intitulado Emília e a Turma do Sítio no Fome Zero. [7] [8] Nesses quadrinhos, o design de Pedrinho foi baseado no figurino usado pelo ator João Vitor Silva, que interpretou o personagem nas temporadas de 2004 e 2005.

Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.