Pedro Suárez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pedro Suárez
Pedro Suárez
Informações pessoais
Nome completo Pedro Bonifacio Suárez Pérez
Data de nasc. 5 de junho de 1908
Local de nasc. Santa Brígida, Flag of Spain (1785-1873 and 1875-1931).svg Espanha
Falecido em 18 de abril de 1979 (70 anos)
Local da morte Buenos Aires,  Argentina
Informações profissionais
Posição Lateral-esquerdo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1926-1930
1930-1942
Argentina Ferro Carril Oeste
Argentina Boca Juniors

311 (1)
Seleção nacional
Flag of Argentina.svg Argentina 12 (1)

Pedro Bonifacio Suárez Pérez (5 de junho de 1908 - 18 de abril de 1979) foi um futebolista espanhol naturalizado argentino que foi vice-campeão, pela Argentina, da Copa do Mundo FIFA de 1930, realizada no Uruguai.[1]

Foi um dos maiores ídolos do Boca Juniors, onde atuou por doze anos, sete deles como líder do setor defensivo xeneize. Tido como habilidoso não só na marcação, mas também para auxiliar o ataque, ganhou cinco campeonatos argentinos na equipe auriazul, em 1930 (ano em que chegou ao time, vindo do Ferro Carril Oeste, onde iniciara em 1926 a carreira), 1931, 1934, 1935 e 1940.[2]

Era conhecido como Arico Suárez e também como La Gallega - este, por ter nascido na Espanha (chegou à Argentina com os pais ainda na infância),[2] mais especificamente nas Canárias. Foi por muito tempo o único jogador do arquipélago a ter disputado uma Copa do Mundo FIFA,[3] até a edição de 2010 ter David Silva, na campeã Seleção Espanhola.[4]

Ficou marcado por um fair play em jogo contra o Brasil, pela Copa Roca de 1940. Com o jogo em 1 x 1, Enrique García chutou e a bola, dentro da grande área brasileira, bateu na mão de Zezé Procópio, em lance involuntário deste, mas o árbitro apitou pênalti. José Manuel Moreno iria bater a penalidade, mas Arico Suárez o pediu que esperasse. Após conversar com o árbitro, que teria feito sinal de positivo com a cabeça, Suárez fez questão de chutar a cobrança, batendo propositalmente para fora, para espanto dos demais. Os brasileiros venceriam por 3 x 2 em plena Buenos Aires, mas perderiam o torneio em um terceiro jogo por 5 x 1 (os argentinos já haviam vencido anteriormente pelo 6 x 1).[5]

Referências

  1. Seleção Argentina na Copa do Mundo FIFA de 1930 (em português). Fifa.com. Página visitada em 7 de agosto de 2010.
  2. a b DUER, Walter; FERRO, Gonzalo; GALCERÁN, Miguel; LODISE, Sergio; OTERO Horacio; RODRÍGUEZ, Héctor (2005). Suárez, Pedro Bonifacio (Arico) (1930/1942). Boca - the book of xentenary, 1º ed. Buenos Aires: Planeta, p. 268
  3. Los 100 años de Arico Suárez (em português). La Provincia. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  4. MAIA, Caio (24 de outubro de 2011). Um novo favorito (em português). Trivela. Página visitada em 24 de outubro de 2011.
  5. Gentileza humilhante (junho de 2005). Placar n. 1283-A. Editora Abril, p. 57
Bandeira de ArgentinaSoccer icon Este artigo sobre um futebolista argentino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.