Pele (instrumento musical)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Uma caixa com pele sintética
Um pandeiro com couro de animal

Uma pele (também conhecido como drumhead) é uma membrana que cobre as partes superiores e inferiores de instrumentos musicais da categoria caixa além de pandeiros, bumbos e outros instrumentos de percussão. A pele geralmente é resistente o bastante para aguentar as baquetadas sem se deteriorar e flexível o suficiente para ressonância do som.

Historia[editar | editar código-fonte]

Originalmente, as peles eram de origem animal, como gados, cabritos entre outros.

Em 1956, Chick Evans inventou a pele de plástico com polyester, sendo esta mais durável, mais flexível e com afinação mais simples além de poupar vidas animais. Em 1957, Remo Belli desenvolveu peles com outros materiais sintéticos para a companhia de Remo drumhead company.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]