Península Ioannes Paulus II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização da Península Ioannes Paulus II na Ilha Livingston nas Ilhas Shetland do Sul.
Península Ioannes Paulus II (ao fundo) do Outeiro Kuzman.
H.H. Benedito XVI vê a península no mapa búlgaro de 2005 da Ilha Livingston.
Penínsulas da Ilha Livingston.

A península Ioannes Paulus II (Búlgaro: Полуостров Йоан Павел II Poluostrov Yoan Pavel II Pronúncia búlgara:poluˈɔstrov joˈan ˈpaveɫ fˈtɔri) é uma península coberta de gelo na costa norte da Ilha Livingston nas Ilhas Shetland do Sul, Antártica, que é unida pela Baía Hero ao leste e a Baía Barclay a oeste. Se estende por 13 km em comprimento na direção norte-sul e tem 8 km largura. Sua extremidade norte é formada pelo Cabo Shirreff que é livre de gelo, uma área visitada pelos caçadores de foca do início do século 19. O interior da península está ocupado pelas Elevações Oryahovo.

A feição recebeu o nome do Papa João Paulo II (1920–2005) por sua contribuição à paz mundial e compreensão entre as pessoas.

Localização[editar | editar código-fonte]

A península é localizada em 62° 31′ S 60° 45′ W (mapeamento britânico em 1822 e 1968, chileno em 1971, argentino em 1980, mapeamento espanhol em 1991 e levantamento topográfico búlgaro Tangra 2004/05 e mapeamento em 2005 e 2009).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Mapas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]