Pen Duick

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Pen-Duick é o nome de uma série de veleiros que teve Éric Tabarly durante a sua longa carreira de velejador. Pen Duick é um ortografia afrancesado do bretão Penn Duig que quer dizer "mésanges noires" (Chapim-carvoeiro).

O primeiro[editar | editar código-fonte]

Veleiro realizado segundo os planos do arquitecto naval escocês William Fife e comprado pelo pai de Éric T. em 1938 mas que apodreceu durante a Segunda Guerra Mundial. Éric recuperou-o tendo utilizado o antigo Casco como molde.

Dinastia[editar | editar código-fonte]

Cada um dos diferentes Pen Duick tem uma história bem particular, assim:

  • O primeiro Pen Duick nunca teve número
  • Pen Duick II (1964) - do tipo ketch, ganha a Transat Inglesa desse ano
  • Pen Duick III (1967) - todo em alumínio, ganhou quase tudo onde entrou e o único veleiro francês a ter ganho a Sydney-Hobart em 1967
  • Pen Duick IV (1968) - 1ro trimaran a ser armado em Ketch, foi comprado por Alain Colas e rebaptizado Manureva, é nele que naufraga durante a 1ra Route du Rhum em 1978
  • Pen Duick V (1968) - monocasco precursor dos valeiros Open actuais. Vitória com 11 dias de avanço na travessia San Francisco-Tokyo de 1969
  • Pen Duick VI (1973) - expressamente construído em 1973 para disputar a Whitbread

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]