Pepino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPepino
Cucumis sativus

Cucumis sativus
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Cucurbitales
Família: Cucurbitaceae
Género: Cucumis
Espécie: C. sativus
Nome binomial
Cucumis sativus
L.

O pepino é o fruto do pepineiro (Cucumis sativus), que se come geralmente em forma de salada. O pepino é um diurético natural e de grande ajuda na dissolução de cálculos renais. Ele é rico em potássio, que proporciona flexibilidade aos músculos e dá elasticidade às células que compõem a pele. Isso resulta em rejuvenescimento da epiderme, especialmente a do rosto.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Cucumis sativus em flor.

São lianas (trepadeiras) anuais de folhas lobadas e flor amarela.

As verduras são longas, com casca verde clara com estrias e manchas escuras, polpa de cor clara e sabor suave, com sementes achatadas semelhantes as do melão (Cucumis melo L.), que é outro membro da família Cucurbitaceae.[1]

Origem[editar | editar código-fonte]

O pepino é originário das regiões montanhosas da Índia[2] e apropriado para o plantio em regiões tropicais e temperadas. Tem sido cultivado desde a Antiguidade na Ásia, África e Europa.

Foi trazido para a América por Cristóvão Colombo.[3]

A espécie apresenta grande variação, entre os inúmeros cultivares, quanto a tamanho, forma, cor dos frutos, sabor e características vegetativas.[4]

Utilização[editar | editar código-fonte]

Pepino preparado como picles.

É utilizado normalmente cru em forma de salada ou picles. Também é usado cozido e recheado, em refogados, e em sopas quentes ou frias.[5]

Pomada preparada com pepino, é utilizada para amaciar a pele [6] . O pepino batido no liquidificador com água e mel serve para as mãos ressecadas por detergente.[3]

Depois de colhido e em condição ambiente, o processo de deteriorização do pepino é rápido. Deve ser conservado em geladeira, dentro de sacos de plástico perfurado. A sua duração e de até uma semana sem grandes alterações na cor, sabor e aparência.[5]

Cornichon[editar | editar código-fonte]

Cornichon é um galicismo que se emprega para designar os "pepinos pequenos" (gherkin), conhecidos como "pepino pequeno de Paris" , frutos que se empregam, depois de conservados em vinagre, como condimento, picles.[7]

Valor nutricional[editar | editar código-fonte]

Cada 100 gramas de pepino com casca (Cucumis sativus) contém:[8]

Aproximadamente 95 % do pepino é composto por água, sendo entretanto rico em fibras, daí a sua importância para o sistema digestivo.[1] Possui baixo teor de calorias e contém pequenas quantidades de vitamina C e folato.[4] Em 2008 foi homologado pelo RankBrasil – Recordes Brasileiros, como o “Fruto com menor teor calórico do país”.[9]

Esta planta é um ótimo tônico para o fígado, rins e vesícula, e dá força aos cabelos e unhas, pelo seu alto teor de sílica e flúor[10] . É um eficiente diurético natural e ajuda a controlar a alta pressão arterial. Pode ser utilizado também nas enfermidades dos dentes e das gengivas.[2] É indicado para amenizar dores de garganta[11] .

Para facilitar a digestão do pepino, recomenda-se mastigá-lo bem.[5]

Cultivo[editar | editar código-fonte]

O plantio é feito de forma direta no solo, com a utilização de 3 a 4 sementes por cova, a 1,5 cm de profundidade.

Os solos mais indicados são aqueles de textura média, leves, profundos, férteis e bem drenados. O PH do solo deve estar entre 5,5 a 6,5.[4]

A planta melhor se adapta em áreas com clima variando de ameno a quente.

Principais cultivares[editar | editar código-fonte]

Classificação comercial[editar | editar código-fonte]

Cultivo de pepinos na Alemanha, sistema de irrigação e solo protegido contra pragas.

O pepino é comercializado no Brasil em cinco classes de acordo com o comprimento do fruto.[11]

Classe Comprimento (cm)
5 Maior ou igual a 5,0 e menor que 10,0
10 Maior ou igual a 10,0 e menor que 15,0
15 Maior ou igual a 15,0 e menor que 20,0
20 Maior ou igual a 20,0 e menor que 25,0
25 Maior ou igual a 25,0

É aceito em uma mesma caixa do produto, pepinos pertencentes às classes imediatamente superior ou inferior da especificada no rótulo de identificação. Este desvio não pode ultrapassar 10% do número total de pepinos amostrados.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Informações sobre o Pepino, características, vitaminas, benefícios e propriedades Sua pesquisa. Visitado em 15 de agosto de 2008.
  2. a b Embrapa - atendimento ao cidadão Embrapa. Visitado em 15 de agosto de 2008.
  3. a b c d e Hortaliças - Pepino Jornal Correio Braziliense. Visitado em 15 de agosto de 2008.
  4. a b c Cultivo do Pepino Herbário. Visitado em 15 de agosto de 2008.
  5. a b c Embrapa hortaliças - dicas ao consumidor Embrapa. Visitado em 16 de agosto de 2008.
  6. Diccionário Lello Universal. Portugal: [s.n.]. 611 pp. vol. 2.
  7. Rachel Tayse (21 de julho de 2011). Home Pickled Cornichons (em inglês) Harmonious Homestead. Visitado em 2 dejulho de 2013.
  8. Valor nutricional dos alimentos Emedix. Visitado em 16 de agosto de 2008.
  9. Fruto com menor teor calórico RankBrasil (4 de junho de 2008). Visitado em 2 de julho de 2013.
  10. Pepino Vitaminas & Companhia. Visitado em 16 de agosto de 2008.
  11. a b Pepino Sociedade de Olericultura do Brasil. Visitado em 16 de agosto de 2008.
  12. Boletim 200 do IAC - SP Instituto Agronômico de Campinas - IAC. Visitado em 16 de agosto de 2008.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • R. W. Robinson, D. S. Decker-Walters: Cucurbits. CAB International, Wallingford 1997, S. 60. ISBN 0-85199-133-5
  • Siegmund Seybold (Hrsg.): Schmeil-Fitschen interaktiv (CD-Rom), Quelle & Meyer, Wiebelsheim 2001/2002, ISBN 3-494-01327-6

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Wikilivros Livros e manuais no Wikilivros
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies