Pequinês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pequinês
Nome original Pekingese
País de origem  China
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 9
Seção 8 - Cães de companhia - Eagneul Japonês e Pequinês
Estalão #207 - 9 de novembro de 2004

Pequinês[Nota] (em chinês: 北京犬) é uma antiga raça de cão miniatura, originária da China. De acordo com lenda chinesa, este pequeno canino é o resultado de um amor impossível entre um leão e uma diminuta macaca. Com o auxílio do deus Hai Ho, o leão sacrificou seu tamanho por amor, nascendo assim o pequinês, bravo como pai, pequeno, inteligente e doce como a mãe. De concreto, sabe-se que esta raça existe há mais de 4 000 anos, embora tenha se tornado conhecida através da ascensão do Budismo, quando conquistou o estatuto de animal sagrado, sob a alcunha de "leão de Buda", e vivia isolado na Cidade Proibida. Todavia, em 1860, após saque feito ao Palácio Imperial por tropas britânicas, estes cães foram levados ao Ocidente. Dizem os registros históricos que apenas cinco destes animais sobreviveram ao massacre promovido pela realeza chinesa, que preferia ver seus bichos mortos a vê-los nas mãos de estrangeiros.[1]

Sua personalidade é descrita como altiva e independente, o que representaria desafio para donos inexperientes. É especulado ainda que essa independência seja a razão para que o pequinês ocupe a posição 73 das 79 no livro A Inteligência dos Cães de Stanley Coren. Apesar disso, é considerado bom cão de alarme, ainda que também sejam conhecidos por ignorarem pessoas que não façam parte de seu dia-dia. Mas por outro lado, o cão é um ótimo companheiro e excelente para todas as idades[1]

Pequinês com 2 anos de idade. Foto tirada em 2012

Referências

  1. a b Pequinês. Dog Times. Página visitada em 12 de agosto de 2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Pequinês
Wikipedia lexikon2.jpg   Nota linguística: Na busca pela padronização de uma nomenclatura^ e para adequar a grafia da Wikipédia às normas do português, os nomes das raças - alguns mantidos no original (Fogle (2009)) - estão grafados em iniciais minúsculas, como também visto em dicionário de Cinologia. Todavia, as entidades cinófilas - CBKC do Brasil, CPC de Portugal e FCI - possuem o padrão adotado em maiúsculas, assim como a Enciclopédia Conhecer (vol. II, p. 414).


Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.