Período Sengoku

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde julho de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Flag of Japan.svg Série de artigos sobre
História do Japão
Osaka Castle 02bs3200.jpg

O período Sengoku (japonês: 戦国時代, sengoku jidai, lit. "Período dos Estados Beligerantes") foi uma das fases mais conturbadas e instáveis da história do Japão, marcada por constantes guerras. Ocorreu entre a metade do século XV e o início do século XVII.

Gravura que demonstra a sangrenta guerra civil em que o Japão mergulhou durante o período

Após o declínio do xogunato Ashikaga, vários clãs próximos do xogum tentavam aplicar um golpe de estado, a fim de tomar o poder do país, já que o xogunato anterior estava caindo após quatrocentos anos de governo. Inicia-se uma guerra civil em que mediam forças vários clãs japoneses como o Hojo, o Takeda, o Uesugi, o Mori e o Imagawa (este último que mais tarde viria a ser conhecido como o clã Tokugawa). O conflito se transforma num sangrento combate, pois os portugueses haviam trazido para o Japão a espingarda.

Após o período Sengoku veio o período Tokugawa, estes governaram por duzentos anos até a instauração do período Meiji, que desfaleceu o xogunato e proibiu os samurais de praticarem o bushido.

Ícone de esboço Este artigo sobre História do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.