Período de anarquia (Horda de Ouro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Período de Anarquia foi uma fase de anarquia política e militar na Horda de Ouro que durou de 1359 a 1378. Teve início em 1359, com o assassinato do khan Berdi Beg, o qual dois anos antes fizera o mesmo com o seu pai Jani Beg. Este período ficou marcado por grande instabilidade política e militar, e por conta disso várias cidades da Horda foram afetadas, tais como Ukek, Majar, Kazan e outras.

Berdi Beg[editar | editar código-fonte]

Berdi Beg ou Berdibek foi o khan da Horda de Ouro entre 1357 a 1359, sucedendo a seu pai Jani Beg, após assassiná-lo. Seu reinado ficou marcado por turbulência política, no que ficou conhecido como Período de anarquia, o qual teria fim apenas em 1380 com a ascensão de Tokhtamysh. Este período ficou marcado por assassinatos políticos e guerras internas dentro da Horda de Ouro. O próprio Berdi Beg foi assassinado em 1359.

Mamai Khan[editar | editar código-fonte]

Em 1361 emerge o general Mamai, que tal como Nogai Khan exerce seu poder por trás dos khans legítimos. Este, pelo fato de ser descendente de Nogai Khan e não de Batu Khan, era inelegível para o trono em Sarai. Mamai era o verdadeiro poderoso da Horda de Ouro e caso o khan reinante não lhe agradasse o depunha sem cerimônias. O próprio era o dono das terras ocidentais da Horda, que incluíam a Crimeia e as estepes do sul da Ucrânia.

Derrota em Kulikovo[editar | editar código-fonte]

Aproveitando-se do estado caótico da Horda de Ouro, muitos principados russos pararam de pagar tributos à Sarai. Ao mesmo tempo a Polônia e a Lituânia anexavam várias áreas na fronteira oeste do canato. Um desses principados que se destacava era o de Moscou, o qual no reinado do khan Uzbek foi o encarregado através de seu soberano Ivan I Kalita de coletar tributos de todos os principados russos. Mamai tenta reverter tal situação, mas é vencido por Dimitri Donskoi na Batalha de Kulikovo, ocorrida em 8 de setembro de 1380. Tudo indicava que os russos enfim se livraram do domínio mongol, e a Horda de Ouro encontrava-se não muito longe do colapso.

Tokhtamysh[editar | editar código-fonte]

Com a ajuda de Tamerlão, Tokhtamysh assume o poder na Horda Branca em 1377. Após organizar suas forças, ele promove a unificação das Hordas Azul e Branca. Em 1381 Mamai morre assassinado pelos genoveses, e Tokhtamysh entre 1382 a 1383 invade com sucesso os principados russos, queimando Moscou em 13 de agosto de 1382. Com isso pôs fim ao Período de Anarquia, e a Horda de Ouro passou por um período de reerguimento que seria destruído pelas invasões de Tamerlão em 1389 a 1391 e 1394 a 1396.