Per Anders Fogelström

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Per Anders Fogelström (1917 - 1998) foi um escritor sueco e uma personagem muito importante no panorama cultural moderno da Suécia.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Per Anders Fogelström, PAF, nascido a 22 de augusto de 1917, em Estocolmo, falecido em junho de 1988, em Estocolmo, foi um escritor, jornalista e debatedor social sueco. Ele é conhecido principalmente por sua série de livros sobre Estocolmo, iniciada com Mina drömmars stad (A cidade de meus sonhos).

Fogelström viveu e morreu em Södermalm. A família fugiu da revolução na Rússia, onde o pai trabalhava numa empresa sueca, e o nascimento de Per Anders Fogelström se deu depois da volta para a Suécia. Logo em seguida o pai abandonou o lar, emigrou para a América e jamais voltou. A falta do pai e a vida estóica da mãe, abandonada e solitária, marcaram sem dúvida tanto a vida quanto a produção literária de Fogelström.

De 1961 a1988, ele foi membro do Comitê de Elaboração dos Nomes da cidade Estocolmo, do qual se tornara presidente desde 1983, e também colaborador na escrituração dos nomes das ruas de Estocolmo, cuja terceira edição publicou-se em 2005.

De 1963 a 1977, Per Anders Fogelström foi presidente da Associação de Paz e Arbitragem Sueca. Era pacifista e participou ativamente no movimento contra o armamento atômico na Suécia. Foi também engajado no Comitê Sueco-Vietnamita em 1965.

Já no fim de sua vida, Fogelström tornou-se dependente de cadeira de rodas, em conseqüência de um derrame cerebral, mas continuou ativo e ardorosamente empenhado na elaboração de um romance sobre Östermalm, que jamais concluiu. Tornou-se seriamente enfermo na noite do meio do verão (på midsommarafton)em 1998 e veio a falecer no Södersjukhuset (O Hospital do Sul) no dia seguinte. Ele se acha sepultado no Katarina kyrkogård (Cemitério de Katrina.

Livros de Per Anders Fogelström

Per Anders Fogelström tornou-se conhecido como escritor em 1951, com o romance Sommaren med Monika (O Verão com Monika), que foi filmado por Ingmar Bergman.

De seus vários livros, Mina drömmars stad (A Cidade de Meus Sonhos) é o mais lido e mais apreciado. Ele se acha incluído numa série de cinco romances, nos quais acompanhamos Henning Nilsson, seus filhos e outros familiares, da década de 1860 a cem anos para frente. Essa série costuma ser chamada de a série Cidade. As outras obras incluídas na série são: Barn av sin stad (As Crianças de sua Cidade), Minns du den stad (Você se Lembra da Cidade?), I en förvandlad stad (Numa Cidade Transformada) e Stad i världen (A Cidade no Mundo). A série está na lista global das bibliotecas.

O mundo narrativo de Per Anders Fogelström é dominado pelo cotidiano e os escorços das pessoas comuns. Fogelström foi um dos principais descritores de Estocolmo. Sua coleção de memórias estocolmences, cerca de 80 metros de prateleira, encontra-se atualmente no museu municipal de Estocolmo.

(O texto acima é uma tradução feita por José Fernandes da Silva (Goiânia, Brasil, 2009), a partir do original sueco, que se encontra na Wikipedia no endereço abaixo: (http://sv.wikipedia.org/wiki/Per_Anders_Fogelstr%C3%B6m (visitado pela última vez em 02/09/2009).