Percevejo-da-soja

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Maria Fedida

Como ler uma caixa taxonómicaPercevejo-da-soja
Percevejo verde num jardim doméstico.

Percevejo verde num jardim doméstico.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Hemiptera
Subordem: Heteroptera
Família: Pentatomidae

O percevejo (ou maria fedida na linguagem popular brasileira) é um inseto da família Pentatomidae, que ataca plantações e pastagens.

Descrição do percevejo[editar | editar código-fonte]

Os adultos são pequenos, medindo de 3 milímetros a 3,5 milímetros de comprimento por 1 milímetro de largura, posuem corpo negro e asas anteriores, geralmente, brancas, com duas pequenas manchas pretas laterais. Suas pernas são claras e de coloração vermelho-amarelada. Os adultos podem ocorrer tanto na forma macróptera (com asas longas – normais) como braquíptera (asas curtas). As fêmeas são maiores do que os machos.

Poem ovos alongados e ligeiramente curvos, com as extremidades arredondadas, a princípio brancos que vão se tornando avermelhados à medida que o momento da eclosão da ninfa se aproxima. As formas jovens, ao longo de seus cinco períodos ninfais apresentam variações distintas de coloração que vão do vermelho brilhante, com uma larga faixa dorsal branca na região anterior do abdome, passando pelo alaranjado, notando-se o surgimento de tecas alares e pelo marrom-alaranjado, com as tecas alares atingindo a região posterior do primeiro segmento abdominal até se tornarem negros, com as tecas alares atingindo além do segundo segmento abdominal.

Biologia do percevejo[editar | editar código-fonte]

Os ovos são colocados geralmente nas bainhas das folhas basais ou logo abaixo da superfície do solo, podendo inclusive, no caso de ocorrência de fendas no solo, serem postos próximo ou mesmo nas raízes das plantas. Imediatamente ao momento da eclosão, as ninfas se poem a sugar a seiva.

No Brasil ocorrem em níveis mais elevados nos meses de outubro e novembro e a gramínea B. arrecta ('Tanner grass') é a planta hospedeira preferida desses insetos. O desenvolvimento desde a fase de ovo até a fase adulta tem a duração aproximada de 90 dias (incubação: 20 dias; o primeiro ínstar, 21,5 dias; o segundo, 9,5; o terceiro, 9,5; o quarto, 11,5 e, o quinto, 18).

Os adultos não possuem período hibernal constatado durante o inverno (no Brasil - Planalto Central).

Danos à agricultura[editar | editar código-fonte]

Os danos que os percevejos podem causar, são de três tipos:

Quebra de produção[editar | editar código-fonte]

O ataque dos percevejos pode produzir grãos atrofiados, enrugados, de tamanho pequeno e peso baixo. Podem também causar aborto de grãos e vagens, e reduzir o poder germinativo da semente.

Transmissão de doenças:[editar | editar código-fonte]

Os percevejos podem facilitar a entrada de outras doenças às sementes de soja e outras partes da planta, além de transmitir toxinas, as quais podem causar a soja louca.

Retenção foliar de soja ou soja louca:[editar | editar código-fonte]

Acontece quando as vagens já estão maduras, entretanto, as folhas e caules ainda estão verdes, podendo causar embuchamento da colhedora, diminuindo o rendimento da colheita.

Tipos[editar | editar código-fonte]

  • Blissus antillus Leonard
  • B. radicans
  • B. mutica
  • B. leucopterus