Perfect Dark

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Perfect Dark
Capa da versão norte-americana para Nintendo 64.
Desenvolvedora Rare (N64), 4J Studios (XBLA)
Publicadora(s) Rare / Nintendo (N64), Microsoft Game Studios (XBLA)
Designer Mark Edmonds
Chris Tilston
Duncan Botwood
Compositor(es) Grant Kirkhope
Graeme Norgate
David Clynick
Motor GoldenEye 007 aprimorado, Miles Sound System
Plataforma(s) Nintendo 64, Xbox 360 (XBLA)
Série Perfect Dark
Data(s) de lançamento Nintendo 64

Xbox Live Arcade
Estados UnidosJapãoUnião Europeia Inverno de 2009

Gênero(s) Ação, Aventura
Modos de jogo Single Player, Multiplayer
Número de jogadores 1 a 4
Classificação BBFC (Reino Unido)
Inadequado para menores de 18 anos i CERO (Japão)
Inadequado para menores de 16 anos i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 15 anos i OFLCA (Austrália)
Permitido para maiores de 16 anos OFLCN (Nova Zelândia)
Inadequado para menores de 16 anos i PEGI (Europa)
Inadequado para menores de 18 anos i USK (Alemanha)
Média Cartucho, CD-ROM
Controles Gamepad, Joystick
Idioma Inglês

Perfect Dark (パーフェクト・ダーク em Japonês) é um jogo desenvolvido para o videogame Nintendo 64; lançado pela Rare. Em Perfect Dark, jogadores assumem o papel da agente especial Joanna Dark.

Perfect Dark é freqüentemente descrito como a continuação do jogo GoldenEye 007, lançado pela Rare em 1997. Embora James Bond não apareça neste lançamento, o estilo de jogo é muito similar ao antigo, rodando em uma versão aprimorada da mesma engine. Perfect Dark foi lançado nos Estados Unidos no dia 22 de maio de 2000, quando o Nintendo 64 já perdia suas forças no mercado, e justamente por isso falhou em provocar um impacto tão grande quanto o seu antecessor, embora seja um jogo tecnicamente superior. O game vendeu por volta de 2 milhões de cópias no mundo todo.

Alguns avanços na jogabilidade em relação ao seu predecessor (GoldenEye 007) foram implantadas, como a segunda função para quase todas as armas do jogo, a habilidade de pular e cair de parapeitos, um sistema de iluminação melhor (permitindo a iluminação de salas através das descargas de tiros) e a possibilidade de desarmar os inimigos ou atirar em suas armas para que elas se percam e etc. Outro avanço significativo foi a inclusão de robôs de níveis diversos que podem enfrentar o jogador no multiplayer. Os inimigos, a cada nova missão, têm as cabeças trocadas aleatoriamente, como em GoldenEye 007, mas neste suas alturas também variam.Todos esses novos avanços requerem mais memória RAM que GoldenEye, por isso é necessário o Expansion Pak (que acrescenta 4MB de memória) para aproveitar o jogo ao seu máximo.

Uma versão 2D para o Game Boy Color também chamada de Perfect Dark foi lançada na mesma época. Os dois jogos podiam trocar dados utilizando o Transfer Pak do Game Boy. No entanto, o jogo do Game Boy não guarda semelhança alguma com o original, além de não ter obtido o mesmo sucesso.

A Rare lançou uma sequência em 2005, Perfect Dark Zero, para o Xbox 360, console da empresa estadunidense Microsoft.

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

No ano 2023, Dr. Caroll entrou em contato com o Instituto Carrington para que alguém fosse resgatá-lo. Quando Joanna adentra o extenso e complexo laboratório, escondido sob o arranha-céu da dataDyne, e finalmente encontra o Dr. Carol, descobre que ele não é nada mais do que um computador dotado de inteligência Arficial.

Dois dias depois da operação ser finalizada, Daniel Carrington (o fundador do Instituto Carrington) e Dr. Carrol, estão na vila particular de Daniel discutindo sobre os planos da dataDyne quando o local é atacado por forças inimigas. Carringon é feito refém no porão da mansão e o computador, Dr. Carrol, é levado de volta para a dataDyne.

Depois de resgatar Daniel Carrington, Joanna tem que viajar à cidade de Chicago, e lá grava uma conversa realizada entre Cassandra de Vries, Trent Easton — chefe da Agência Nacional de Segurança — e um homem escandinavo chamado Mr. Blonde. Eles estão tramando contra o governo americano, discutindo uma maneira de substituir o presidente, por um clone que siga suas ordens. Joanna também recupera o programa de computador que contém a matriz emocional de Dr. Carrol — o computador dotado de inteligência artificial. Depois de retornar de Chicago, Joanna é designada para uma missão em que deve se infiltrar na Área 51, onde vários alienígenas da raça Maian estão presos. Lá, Joanna conhece Elvis, embaixador da raça Maian na Terra, e os dois conseguem escapar com a ajuda de Jonathan, outro agente do Instituto Carrington.

Depois de deixar a Área 51, Joanna fica sabendo do acordo entre a dataDyne e os Skedar — raça alienígena de guerreiros e inimigos mortais dos Maian —, acordo que consiste em troca de tecnologias de ambas as partes. Os Skedar dariam a dataDyne grande parte de sua tecnologia de fabricação de armas, tornando a corporação líder na venda de armamento na Terra. Em troca, a dataDyne forneceria aos Skedar um computador dotado de inteligência artificial com alta capacidade de quebrar códigos. Os Skedar pretendem ter acesso a uma nave que está escondida sob o Oceano Pacífico, que contém uma poderosa arma. Devido à profundidade que esta nave se encontra, a dataDyne precisará de um submarino, chamado Pelagic II, que está em poder da Marinha Americana, e para conseguir cumprir seu objetivo eles desejam substituir o presidente por um clone que faça o que eles desejam.

Joanna tem que proteger o presidente dos capangas de Trent Easton e dos Skedar disfarçados de humanos (loiros escandinavos, mais especificadamente). Ela então infiltra-se numa base aérea no Alaska para subir a bordo do avião presidencial americano Air Force One. Disfarçada de aeromoça, ela consegue chegar até o aposento presidencial no avião e conta-lhe tudo sobre a trama da dataDyne, dos Skedar, e do involvimento de Trent. Joanna escolta o presidente até uma sonda de escape na traseira do avião, momentos antes da nave ser abatida por naves alienígenas, que souberam da presença da agente secreta na aeronave presidencial. O avião cai no meio da tundra, no Alaska.

Quando finalmente retoma a consciência, depois da queda do avião, Joanna vê que está numa área repleta dos capangas de Trent Easton e dos alienígenas Skedar. Ela localiza o presidente americano e com a ajuda de Elvis consegue tirá-lo dali. Enquanto isso, Mr. Blonde está tendo uma pequena reuniãozinha com Trent Easton, dizendo-lhe que não precisa mais dos seus serviços. Mr. Blond se metamorfoseia em um grande Skedar, e acaba com a vida de Easton.

Numa manobra desesperada, a dataDyne e os Skedar decidem partir para um plano B, tomando o Pelagic II à força para conseguirem ter acesso à arma que se encontra na espaçonave submersa no Oceano Pacífico. Elvis e Joanna conseguem tomar o controle do submarino das mãos dos Skedar, mas não antes daqueles conseguirem se infiltrar na nave submersa no fundo o oceano. Os Skedar tentam usar Dr. Carrol para quebrar o código e ter acesso à arma desejada, que seria usada na própria Terra, mas seus planos fracassam e a nave é destruída. Elvis e Joanna escapam ilesos.

Mr. Blonde, que na verdade é um Skedar, irritado com a incompetência de sua parceira, Cassandra de Vries, ataca a sede da dataDyne e planta uma bomba no arranha-céu da empresa, levando Cassandra como refém para longe do planeta Terra. A bomba destrói todo o prédio, incluindo os laboratórios subterrâneos, apagando toda e qualquer evidência da passagem dos Skedar pela Terra.

Alguns dias depois, Joanna e Daniel Carrington estão se preparando para uma visita formal ao presidente dos Estados Unidos na Casa Branca. Carrington revela que o Instituto foi criado com a intenção de acelerar os contatos entre os Maians e os humanos. Porem, quando se preparavam para sair em direção à Washington, DC, ouve-se ruídos no Instituto e o pior acontece: uma invasão Skedar. Joanna liberta todos os reféns que pode, desarma uma bomba plantada pelos alienígenas, mas é capturada e levada para a nave onde está Cassandra. As duas ficam presas na mesma cela.

Cassandra, sendo uma mulher já mais velha e sem nenhuma experiência em combate, sabe que não pode, sozinha, vingar-se dos Skedar. Portanto, ela sacrifica sua própria vida, criando uma distração para que Joanna fuja e concretize então sua vingança. Joanna toma controle da nave dos Skedar, e junto com Elvis, aterrissa no planeta sagrado dos alienígenas tão temíveis. Elvis alerta Joanna que aquela seria a chance de acabar de uma vez por todas com os Skedar, pondo um fim a esta guerra interminável.

Elvis avisa a frota de naves dos Maians que ambos estão numa espécie de templo sagrado dos Skedar. Joanna marca locais a serem bombardeados com sinalizadores, e mata o líder Skedar. Antes do ataque final ao planeta dos Skedar, Elvis salva Joanna, que ficara presa sob alguns escombros, e ambos escapam ilesos.

Single player[editar | editar código-fonte]

No Single player há três níveis distintos de dificuldade:

  • Agent - dificuldade mais fácil - poucos objetivos a serem cumpridos e bastante munição.
  • Special Agent - um nível intermediário, com mais missões.
  • Perfect Agent - como o próprio nome diz, você terá de ser um agente perfeito para cumprir suas tarefas neste nível. Os inimigos são mais fortes e a munição é bem mais escassa.

Existe também um modo cooperativo de jogo no qual dois jogadores atuam juntos em uma mesma missão, um player assumindo o papel de Joanna Dark e o outro jogando como Velvet Dark ou outro parceiro a ser desbloqueado no decorrer do jogo. Perfect Dark também inclui uma variação do modo cooperativo, chamado contra-operativo. Neste modo um dos jogadores assume o papel de Joanna Dark, enquanto o outro assume o papel de um inimigo qualquer da fase.

Multiplayer[editar | editar código-fonte]

O 'Combat Simulator', ou 'Simulador de Combates', tem seis modos de jogo:

  • Combat (Combate) - O mais tradicional de todos, já encontrado em GoldenEye 007. Cada vez que um jogador derrota um oponente ganha um ponto, tendo um valor máximo de pontos.
  • Capture The Case (Capture a mala) - Equivalente ao 'Capture a Bandeira' no GoldenEye 007. O jogador deve "roubar" a maleta da base do oponente e levá-la à própria base.
  • Hold The Briefcase (Segure a maleta) - Ache a maleta e sobreviva o quanto possível com ela em mãos. Um ponto é ganho a cada 30 segundos (valor que pode ser mudado) em posse da maleta. Se você é morto, a maleta fica no chão no lugar onde morreu para que outro jogador possa pegá-la e continuar a brincadeira.
  • King of the Hill (Rei da Colina) - Uma área do mapa é escolhida como "a colina". A cada 20 segundos na colina (sem a presença de um oponente na mesma) se ganha um ponto, podendo variar de acordo com o numero de jogadores num time. Depois ela muda para outro local do mapa.
  • Hacker Central (Central Hacker) - Em algum lugar do mapa, há um data uplink. Pegue-o e vá até o computador e faça um upload para ganhar pontos.
  • Pop a Cap - Um jogador é feito vítima, sendo que todos os outros ganham pontos ao matá-lo. A vítima ganha os seus pontos a cada minuto que consegue sobreviver.

Armas e fases são destravadas conforme se batem os "challenges" ou "desafios", jogos pré-definidos contra robôs. Os desafios são um bom começo para começar a aprender as manhas do jogo. São 30 desafios no total que podem ser realizados com até quatro jogadores. Se todos forem vencidos, os Darksims (robôs mais difíceis de se matar e mais letais) são destravados.

Há muitos melhoramentos frente ao modo multiplayer do jogo GoldenEye. Quase todas as armas do jogo são disponíveis, exceto as armas do tipo GoldenEye e a Psychosis Gun. As armas dos combates entre jogadores podem ser arranjadas ao seu bel-prazer.

Os jogadores podem ter perfis no multiplayer para salvar todas as suas estatísticas: quantos partidas já jogou, quantos matou e quantas vezes morreu, quais as medalhas que ganhou, etc.

Simulants[editar | editar código-fonte]

Perfect Dark conta com robôs, ou simulants, como são chamados no jogo. Os simulants têm seis níveis de dificuldade: Meat, Easy, Normal, Hard, Perfect e Dark. Simulants do tipo Meat são alvos ambulantes fáceis de se matar, encontrados usualmente batendo cabeça uns contra os outros. Simulants do tipo Dark são extremamente rápidos e mortais. Os simulants também podem ser de tipos especiais como o RocketSim, que busca sempre atacar com explosivos; o JudgeSim, que ataca aquele que lidera o jogo no momento para dar equilíbrio à partida; o SpeedSim, que corre como louco; o VengeSim, que tenta vingança contra o último jogador que o matou; entre outros. Existem também outros simulants especiais, muitos deles de nomes sugestivos:

-PeaceSim: são simulants pacifistas, contra o uso de armas de fogo. Estes andam pelo cenário recolhendo armas e munição para impedir que os outros peguem. Sequer usam seus punhos.

-ShieldSim: este simulant já começa com um shield (o shield equivale ao body armor do GoldenEye). Um oponente difícil em qualquer situação, ainda mais para jogadores inexperientes.

-RocketSim: como dito antes, este simulante prefere armas explosivas, e não pensa duas vezes em usá-las, inclusive em ambientes fechados. Mas ele não deixaria de usar armamento convencional.

-KazeSim: um simulant camicase, literalmente. Ele segue um alvo e não tem medo de morrer, geralmente encara seus oponentes usando seus punhos; ou desarma-os e usa sua arma para matá-lo. Também não tem medo de usar armas explosivas em lugares pequenos.

-FistSim: fist significa punhos em inglês. Este simulante bem peculiar não usa armas de fogo, somente seus punhos. Desarma seus oponentes e segue golpendo-os usando suas mãos. No caso de pistolas com segunda função Pistol Whip ('coronhada'), ele pode usá-las para bater.

-PreySim: aqui temos um simulant 'desonesto'. Este ataca preferencialmente aqueles estão armas menos potentes, com menos vida, ou que acabaram dar 'respawn'.

-CowardSim: mais um de nome sugestivo, e bem parecido com o PreySim. Ataca simulants com armas menos potentes, menos vida, desarmados, ou até pelas costas.

-JudgeSim: bem interessante, este é um simulant 'justiceiro'. Só ataca quem está ganhando o jogo, ou os jogadores do time que estiver ganhando.

-FeudSim: este simulant escolhe um alvo e vai persegui-lo até o fim do jogo. Sempre o primeiro ou o último.

-SpeedSim: outro de nome sugestivo. É simplesmente o simulant mais rápido do jogo. Sempre um adversário a altura de qualquer um.

-TurtleSim: turtle = tartaruga. Simulant muito lento devido ao shield extra resitente que carrega. Outro sempre bom adversário.

-VengeSim: venge vem de vengeance, que significa vingança. Este simulant persegue incessantemente o último que o matou, até ser morto por outro. Cuidado quando jogar com ele no mesmo time, ele vai te perseguir ainda que você o mate acidentalmente.

Durante os jogos em que times são formados, um jogador pode dar ordens específicas - segurando "A" e depois apertando duas vezes o "Z", para cada simulant - aos simulants do seu esquadrão, como defender a base no modo Capture the Case. Para dar a mesma ordem para todos os seus amigos não-humanos, segure R após apertar Z, segurando o A.

Armas[editar | editar código-fonte]

As armas de Perfect Dark incluem revólveres, rifles, submetralhadoras, espingardas, lança-foguetes, facas e lançadores de granada. Quase todas as armas no jogo têm uma segunda função, podendo ser mudada ao se segurar o botão B do controle por aproximadamente um segundo. Seis armas alienígenas bem exóticas também estão disponíveis, três dos extraterrestres da raça Maian e três dos Skedar. Uma das armas dos Maian, o Farsight XR-20, é bem interessante, pois combina um rifle com um visor de raios-x que atravessa paredes e mata de qualquer distância.

A Mauler é uma arma dos Skedar que tem um pente de 20 balas. O modo primário da arma atira uma bala por vez, mas o modo secundário carrega 5 balas por vez e faz um disparo muito mais potente.

Algumas das armas desenvolvidas pelos humanos também são muito versáteis. Por exemplo, a RCP120, inspirada na RCP-90 de GoldenEye, tem uma segunda função que permite ao jogador ficar invísivel, embora isso aconteça ao custo de algumas balas do pente, que vão se esvaindo rapidamente. Outro exemplo de arma humana é o lançador de granadas Devastator que, na sua segunda função, pode lançar granadas que grudam nas paredes e explodem segundos depois, uma ótima arma para quem está sendo perseguido. A Dragon é outra arma que apresenta uma segunda função interessante: caso sua munição acabe, pode jogá-la no chão e ela então funcionará como um mina de proximidade, explodindo quando alguém chegar perto dela (mesmo você, tenha cuidado!). A arma mais intrigante do jogo é a Psychosis gun, que é uma das únicas que não tem uma segunda função, mas ao atingir um adversário, transforma-lo-á em seu companheiro, porém, só pode ser usada em missões "Single-Player".

Também há algumas armas do jogo "007 GoldenEye", como a famosa "PP7", que podem ser habilitadas no jogo, cumprindo desafios no treino (localizado no primeiro andar em "Carrington Institute", acessível saindo do menu inicial após escolher um "save").

Eis aqui um guia rápido e prático com as armas do jogo e suas respectivas funções:

-Falcon 2: Single Shot/Pistol Whip - Carrington Institute

-Falcon 2 (Silenced): Single Shot/Pistol Whip - Carrington Institute

-Falcon 2 (Scope): Single Shot/Pistol Whip - Carrington Institute

-MagSec4: Single Shot/3-Round Burst - Chesluk Insutries

-Mauler: Single Shot/Charge-Up Shot - Skedar

-Phoenix: Single Shot/Explosive Shells - Maian

-DY357 Magnum: Single Shot/Pistol Whip - dataDyne

-DY357 LX*: Single Shot/Pistol Whip - dataDyne

-CMP150: Rapid Fire/Follow Lock-On - dataDyne

-Cyclone: Rapid Fire/Magazine Discharge - Chelusk Industries

-Callisto NTG: Rapid Fire/High Impact Shells - Maian

-RC-P120: Rapid Fire/Cloak - Carrington Institute

-Laptop Gun: Burst Fire/Deply As Sentry Gun - Carrington Institute

-Dragon: Burst Fire/Proximity Self Destruct - dataDyne

-K7 Avenger: Burst Fire/Threat Detector - dataDyne

-AR34: Burst Fire/Use Scope - Carrington Institute

-SuperDragon: Burst Fire/Grenade Launcher - dataDyne

-Shotgun: Shotgun Fire/Double Blast

-Reaper: Reapage/Grinder - Skedar

-Sniper Rifle: Sigle Shot/Crouch - Carrington Institute

-FarSight XR-20: Rail-gun Effect/Target Locator - Maian

-Devastator: Grenade Launcher/Wall Hugger - dataDyne

-Rocket Launcher: Rocket Launch/Targeted Rocket - dataDyne

-Slayer: Rocket Launch/Fly-By-Wire Rocket - Skedar

-Combat Knife: Knife Slash/Throw Poison Knife

-Crossbow: Sedate/Instant Kill - Carrington Institute

-Tranquillizer: Sedate/Lethal Injection

-Laser: Pulse Fire/Short Range Stream - Carrington Institute

-Grenade: 4-Fuse Second/Proximity Pinball

-N-Bomb: Impact Detonation/Proximity Detonation

-Timed Mine: Timed Explosive/Threat Detector

-Proximity Mine: Proximity Explosive/Threat Detector

-Remote Mine: Remote Explosive/Detonate

-Psychosis Gun: Infect

As Armas de GondenEye 007 que aparecem em Perfect Dark, e que foram rebatizadas:

-PPi9 <> PP7 Special Issue

-CC13 <> DD44 Dostovei

-Kl01313 <> Klobb

-KF7 Special <> KF7 Soviet

-ZZT (9mm) <> ZMG (9mm)

-DMC <> D5k Deutsche

-AR 53 <> US AR 33 Assault Rifle

-RC-P45 <> RC-P90

*A DY357 LX é uma versão da DY357 Magnum, desenvolvida especialmente para o diretor da NSA Trent Easton. Ela é banhada a outro e o cabo tem pele de tigre.

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

Havia inicialmente uma característica extra no jogo antes de ser lançado, que foi apagada na versão final: Perfect Face. Com esse atributo, podia-se tirar uma foto do próprio rosto e passá-lo para o jogo através de um Transfer Pak e de um Game Boy Camera. Quando perguntados por que essa possibilidade não foi considerada quando do lançamento do jogo, os desenvolvedores da Rare argumentaram que essa medida podia incitar a violência.

Outros pontos interessantes sobre o game[editar | editar código-fonte]

Easter Eggs são brincadeiras introduzidas nos jogos pelos programadores por pura diversão. Neste jogo é possível encontrar pedaços de queijo em cada uma das fases, nos locais mais improváveis.

Como seu antecessor, GoldenEye, os cheats em Perfect Dark são desbloqueados ao se bater uma fase em certo tempo e em certa dificuldade.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]