Perfis Bluetooth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um Perfil Bluetooth é uma especificação de interface para comunicações entre dispositivos baseadas em Bluetooth. Para que seja utilizada a tecnologia Bluetooth, um dispositivo deve ser compatível com a subnet de perfis Bluetooth necessários para acessar os serviços desejados.

A maneira pela qual um dispositivo usa o Bluetooth vai depender das capacidades de seus perfis. Os perfis proveêm padrões que os fabricantes devem seguir para permitir dispositivos a usarem o Bluetooth de uma maneira compatível. Para realizar essa tarefa, cada perfil usa opções particulares e parâmetros em cada nível do protocolo.

Esse artigo sumariza as definições atuais e possibilidades de cada perfil.

Listagem de perfis[editar | editar código-fonte]

Os seguintes perfis foram definidos e adotados pela Bluetooth SIG:

Perfis de controle de mídia[editar | editar código-fonte]

General Audio/Video Distribution Profile (GAVDP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de distribuição generalizado de áudio/vídeo)
Fornece o suporte básico para o A2DP e VDP.

Advanced Audio Distribution Profile (A2DP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de distribuição de áudio avançada)
Define como áudio de alta qualidade (estéreo ou mono) pode ser transferido em tempo real de um dispositivo para o outro sobre uma conexão Bluetooth. Por exemplo, músicas podem ser transferidas de um telefone celular para um fone de ouvido sem fio.

Ele foi inicialmente usado em conjunto com um transmissor Bluetooth intermediário que se conectava à uma saída de áudio padrão e codificava o áudio de entrada para um formado compatível com Bluetooth, que era assim enviado por sinais sem fio para fones de ouvido Bluetooth que decodificavam e executavam o áudio. Porém, vários players portáteis e telefones celulares não suportam nativamente o A2DP, enquanto vários fones recentes Bluetooth 2.0 o suportam.

Fones de ouvido Bluetooth, especialmente os modelos mais avançados, geralmente vem com um microfone e suportam os perfis Headset (HSP), Hands-Free (HFP) e Audio/Video Remote Control (AVRCP).

O A2DP foi designado para transferir em tempo real áudio estéreo uni-direcional de dois canais, como música de um MP3 player, para um fone de ouvido ou sistema de som de um automóvel. Esse perfil depende do AVDTP e GAVDP e inclui suporte obrigatório para o codec de baixa complexidade SBC e opcionalmente para MPEG-1 (usualmente inclui o MP3), MPEG-2, MPEG-4, AAC e ATRAC, e é extensível para suportar codecs definidos pelo fabricante. Vários sistemas Bluetooth também implementaram o sistema de DRM SCMS-T (Serial Copy Management System). Nesses casos é possível conectar fones de ouvido Bluetooth A2DP para escutar áudio de alta qualidade.

Audio/Video Remote Control Profile (AVRCP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de controle remoto de áudio/vídeo)
Designado para prover uma interface padrão para controlar TVs, equipamentos de alta fidelidade, entre outros, permitindo o uso de um único controle remoto (ou outro dispositivo) para controlar todos os equipamentos de áudio/vídeo aos quais o usuário tenha acesso. Pode ser usado em conjunto com o A2DP ou VDP.

Há a possibilidade de designar extensões dependentes de fabricante. Adicionalmente, na versão 1.3 desta especificação, há a capacidade de transmitir informações da fonte de música (reproduzindo, parado, etc) incluindo informações da mídia em si (artista, nome da faixa, álbum, etc).

Video Distribution Profile (VDP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de distribuição de vídeo)
Permite o transporte em tempo real de vídeo. Ele pode ser usado, por exemplo, para transmissão de conteúdo de um vídeo gravado em um computador pessoal ou um computador media center para um player portátil, ou de uma câmera de vídeo digital para uma TV. Obrigatoriamente o perfil suporta a especificação H.263 e há suporte opcional coberto pela especificação para MPEG-4 Visual Simple Profile e os perfis 3 e 8 do H.263.

Basic Imaging Profile (BIP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de imagem básico)
Designado para enviar imagens entre dispositivos e inclui a habilidade de redimensionar e converter imagens automaticamente para torná-las compatíveis com o dispositivo receptor. O pilha ("Stack") do sistema pode ser divida em pequenos perfis:

Image Push:
Permite o envio de imagens de um dispositivo que o usuário controla.
Image Pull:
Permite a exploração e recuperação de imagens de um dispositivo remoto.
Advanced Image Printing (Impressão avançada de imagem):
Imprime imagens com opções avançadas usando o formato DPOF desenvolvido pela Canon, Kodak, Fujifilm e Matsushita.
Automatic Archive (Arquivamento automático):
Permite o backup automático de novas imagens de um dispositivo-alvo. Por exemplo, um notebook pode fazer o download de todas as novas fotos de uma câmera sempre que ela se encontrar no alcance do rádio Bluetooth.
Remote Camera (Câmera remota):
Permite o inicializador a usar remotamente uma Câmera digital. Por exemplo, um usuário pode colocar uma câmera em um tripé para uma foto em grupo e usar seu telefone celular para verificar se todos estão no alcance da lente e disparar a foto com o próprio usuário nela.
Remote Display (Display remoto):
Permite o inicializador a enviar imagens para serem exibidas em outro dispositivo. Por exemplo, um usuário poderia fazer uma apresentação enviando os slides para um projetor de vídeo ativado por Bluetooth.

Basic Printing Profile (BPP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil básico de impressão)
Permite aos dispositivos enviar textos, e-mails, vCards ou outros itens para impressoras baseadas em tarefas de impressão. Ele difere do HCRP por não haver dependência de drivers específicos de impressoras. Isso o torna mais acessível e flexível para dispositivos como telefones celulares ou câmeras digitais que não podem ser facilmente atualizados com drivers dependentes de fabricantes de impressoras.

Perfis de controle de sistemas de comunicações[editar | editar código-fonte]

Common ISDN Access Profile (CIP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil comum de acesso ISDN)
Provê acesso irrestrito aos serviços que a tecnologia ISDN oferece.

Device ID Profile (DID)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de identificação de dispositivo)
Permite um dispositivo ser identificado além das limitações de classe de dispositivos já disponíveis no Bluetooth. Ele ativa a identificação do fabricante, identificação de produto (Device ID) e sua respectiva versão, além da versão de produto. Isso é útil, por exemplo, para um computador reconhecer a conexão de um dispositivo novo e fazer o download dos drivers necessários. O perfil habilita aplicações similares aquelas usadas pela especificação Plug-and-play nos computadores pessoais.

Cordless Telephony Profile (CTP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de telefone sem fio)
Desenvolvido para telefones sem fio que utilizam Bluetooth. Um uso possível seria em telefones celulares que podem usar um gateway Bluetooth CTP conectado à uma linha de telefone fixo quando em casa. Assim, logo que o telefone saísse do alcance do rádio residencial, o telefone automaticamente alternaria para a rede celular.

Dial-up Networking Profile (DUN)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de rede dial-up)
Provê um padrão para o acesso à internet e outros serviços dial-up sobre Bluetooth. O cenário mais comum é o acesso à internet por um notebook discando para um provedor de acesso por telefone celular, sem fio. Ele é baseado no Serial Port Profile (SPP), e provê uma conversão relativamente fácil de produtos existentes, através das várias características que tem em comum com os protocolos seriais com fio para as mesmas tarefas.

Fax Profile (FAX)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de Fax)
Desenvolvido para prover uma interface bem definida entre um telefone celular ou linha de telefone fixo e um computador com um software de fax instalado.
Deve orbigatoriamente haver o suporte para as especificações de comandos AT ITU T.31 e/ou ITU T.32 como definidas pela ITU-T. Chamadas de voz ou dados não são cobertas por esse perfil.

Hands-Free Profile (HFP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de handsfree)
Atualmente na versão 1.5, é comumente usado para permitir que kits automotivos de handsfree possam se comunicar com telefones celulares no alcance do carro. Ele usa SCO (Synchronous Connection Oriented Link) para carregar um canal de áudio mono com modulação slop delta contínua ou modulação de pulso-código. Em 2002, o primeiro fabricante de veículos a integrar o Bluetooth em um veículo foi a Audi com o modelo Audi A8, habilitando o passageiro a usar seu telefone celular conectado sem fios ao carro.
No ano seguinte, Chrysler e Acura introduziram a interação da tecnologia Bluetooth em seus veículos com o sistema de áudio como um recurso padrão (A Acura, na terceira geração Acura TL, em um sistema intitulado como HandsFree Link (HFL)). Mais tarde, a BMW adicionou o mesmo como uma opção para as séries 1 Series, 3 Series, 5 Series, 7 Series e X5 de seus veículos. Desde então, outros fabricantes seguiram o desenvolvimento da tecnologia e incluíram a mesma em vários veículos, como a Toyota com seus modelos Toyota Prius (Desde 2004), Toyota Camry (Desde 2007), Infinity G35 e o Lexus LS 430 (Desde 2004). O kit automotivo permite aos usuários conectaram seus telefones ativados por Bluetooth e usar suas funções, como efetuar, atender e desligar ligações, com o telefone no bolso ou fora do alcance das mãos do usuário. Companhias como Nokia, Johnson Controls, Raytel, Parrot e Motorola produzem kits handsfree automotivos para grandes fabricantes de veículos.

Headset Profile (HSP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de headset)
É um dos perfis mais comumente utilizados da tecnologia, provendo suporte para os headsets e fones de ouvido Bluetooth para serem utilizados com telefones celulares. É dependente do SCO para codificação de áudio à 64kbits/s CVSD ou PCM e contém um subconjunto de comandos AT da GSM 07.07 para controle mínimo do sistema, incluindo a habilidade para discar, atender ou desligar uma chamada e ajustar o volume.

Intercom Profile (ICP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de interfone)
Geralmente referido como Perfil de walkie-talkie (walkie-talkie profile), é outra especificação baseada na especificação de protocolo de controle de telefone (Telephone Control protocol Specification, TCS), dependente também do SCO para tramissão de áudio. É proposto para permitir chamadas de voz entre dois aparelhos Bluetooth compatíveis.

LAN Access Profile (LAP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de acesso LAN)
O perfil de acesso LAN habilita um dispositivo Bluetooth a acessar uma rede LAN, WAN ou Internet por outro dispositivo que tem acesso físico à conexão da rede. Ele usa PPP sobre RFCOMM para estabelecer conexões. A especificação LAP também é usada para permitir que o dispositivo acesse redes Bluetooth ad-hoc.
Esse perfil foi substituído pelo perfil PAN na especificação Bluetooth.

Personal Area Networking Profile (PAN)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de área de rede pessoal)
Permite o uso do protocolo de encapuslamento de rede Bluetooth (Bluetooth Network Escapsulation Protocol) na camada 3 para transporte de informações sobre um link Bluetooth. Funciona de maneira semelhante ao LAN Access Profile, permitindo que dispositivos se unam e formem uma rede pessoal onde cada um pode usar os serviços disponíveis nela.

Outros perfis[editar | editar código-fonte]

Generic Access Profile (GAP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de acesso genérico)
Provê a base para todos os outros perfis da tecnologia.

Generic Object Exchange Profile (GOEP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil genérico de trocas de objeto)
Provê a base para todos os perfis de troca de dados. Baseado no OBEX (OBject EXchange Profile).

File Transfer Profile (FTP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de transferência de arquivos)
Provê acesso ao sistema de arquivos do outro dispositivo. Isso inclui o suporte para transferir informações e listagem de arquivos, trocar para diferentes pastas, transferir, enviar e excluir arquivos. O perfil usa OBEX como um transporte e é baseado no GOEP.

Hard Copy Cable Replacement Profile (HCRP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de substituição de cópia por cabos rígidos)
Provê uma simples alternativa sem-fio para a conexão via cabo entre um dispositivo e uma impressora. Porém, essa especificação não tem um padrão definido entre a comunicação atual entre a impressora e o dispositivo, por esse motivo drivers são requeridos para o modelo específico de impressora. Isso torna o perfil menos flexível para dispositivos como câmeras digitais e palmtops, visto que atualizações de software podem ser potencialmente problemáticas.

Object Push Profile (OPP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de envio de objetos)
Um perfil básico para envio de "objetos", tais como imagens, cartões de visita ou detalhes de compromissos.
O OPP utiliza a API do perfil OBEX com os comandos connect (conectar), disconnect (desconectar), put (colocar), get (pegar, transferir) e abort (abortar, cancelar). Por usar essas APIs a camada do OPP reside sobre o OBEX e por este motivo segue as mesmas especificações.

Human Interface Device Profile (HID)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de dispositivos de interface humana)
O perfil provê suporte para dispositivos como mouses, joysticks e teclado, assim como suporte para simples botões e/ou indicadores em outros tipos de dispositivos. O perfil foi designado para prover um link de baixa latência e potência, com baixo consumo de energia.
O Bluetooth HID funciona de maneira semelhante que o protocolo de Dispositivos de Interface Humana definido para o padrão USB. O uso do protocolo HID simplifica a implementação no host (por exemplo, suporte pelo sistema operacional habilitando o re-uso de parte do suporte existente para o HID USB para também suportar o protocolo HID do Bluetooth.
Pode-se citar como exemplos práticos de dispositivos que usam o protocolo os mouses ópticos Bluetooth, controles do PlayStation 3 ou o Wii remote.

Phone Book Access Profile (PBAP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de acesso à agenda telefônica)
Esse perfil permite a troca de objetos da agenda telefônica entre dispositivos. É muito usado entre um kit automotivo e um telefone celular para permitir que o sistema do carro possa mostrar o nome de uma pessoa ligando.

Serial Port Profile (SPP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de porta serial)
Baseado na especificação ETSI TS 07.10 e usando o protocolo RFCOMM, emula um cabo serial para prover uma simples implementação sem fio para as conexões seriais RS-232 existentes e seus aplicativos, incluindo um controle familiar de sinais. Provê também o básico para os perfis DUN, FAX, HSP e AVRCP.

Service Discovery Application Profile (SDAP)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de serviço de descoberta de aplicações)
O SDAP descreve como um aplicativo deve usar o SDP para descobrir serviços em um dispositivo remoto. Assim, um aplicativo pode ser habilitado para descobrir quais serviços Bluetooth estão disponíveis em um dispositivo ao qual ele se conecta.

SIM Access Profile (SAP, SIM)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de acesso ao SIM)
Permite que dispositivos, como telefones automotivos com receptores GSM embutidos, se conectem a um cartão SIM em um telefone ativado por Bluetooth.

Synchronisation Profile (SYNCH)[editar | editar código-fonte]

(Perfil de sincronização)
Permite a sincronização de itens de gerenciadores de informações pessoais. É também referido como IrMC visto que esse perfil originalmente fazia parte das especificações da tecnologia IrDA, sendo então adotado pela Bluetooth SIG como um perfil principal da tecnologia Bluetooth.

Wireless Application Protocol Bearer (WAPB)[editar | editar código-fonte]

Esse perfil carrega as aplicações de protocolo wireless sobre PPP via Bluetooth.