Pergelissolo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zona do Permafrost, no Ártico
Cunha de gelo.
Polígonos no permafrost

O permafrost ou pergelissolo (em português) é o tipo de solo encontrado na região do Ártico.

A origem da palavra permafrost vem de perma, de permanent (em inglês permanente), e frost (em inglês congelado).

É constituído por terra, gelo e rochas permanentemente congelados(assim que surgiu o nome: perma = permanente, frost = congelado, ou seja: solo permanentemente congelado). Esta camada é recoberta por uma camada de gelo e neve que, se no inverno chega a atingir 300 metros de profundidade em alguns locais, ao se derreter no verão, reduz-se para de 0,5 a 2 metros, tornando a superfície do solo pantanosa, uma vez que as águas não são absorvidas pelo solo congelado.

Recomenda-se cuidado ao erigir edificações ou pavimentação neste tipo de solo, uma vez que, se a camada de permafrost for rompida, a edificação ou a pista pavimentada pode afundar no terreno.

Uma grande reserva de metano, gás estufa 30 vezes mais potente que o dióxido de carbono está se abrindo. Foi feita uma descoberta através da perfuração da camada de gelo que era tido como impermeável.[1] Pesquisadores da Universidade do Alasca descobriram que se a liberação do gás metano(CH4) para a atmosfera não for interrompida, poderá haver uma mudança ainda mais drástica do que as já estudadas.[2]

Zona do Permafrost
  violeta, permafrost
  azul, solo congelado sesonalmente por mais de 15 dias/ ano
  rosa, solo congelado intermitentemente por menos de 15 dias/ ano
  linha, limite médio da max. extensão do solo coberto com neve

Solo poligonal[editar | editar código-fonte]

Solo poligonal é um termo utilizado para descrever as formas distintas e muitas vezes simétricas que se formam no material superficial do solo em regiões periglaciais.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]