Pericles, Prince of Tyre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Péricles, Príncipe de Tiro (Pericles, Prince of Tyre, no original inglês) é uma peça de teatro escrita (pelo menos em parte) por William Shakespeare e incluída em modernas edições de seus trabalhos encontrados, apesar de algumas dúvidas em relação à sua autoria, uma vez que não é encontrada no First Folio. Muitos editores modernos acreditam que Shakespeare é o principal responsável por parte da peça a partir da cena 9 que segue a história de Péricles e Marina, e que os dois primeiros atos, detalhando as muitas viagens de Péricles, foram escritos por relativamente por um colaborador ou revisor, possivelmente George Wilkins.

Fontes[editar | editar código-fonte]

A peça éinspirada em duas fontes. Uma delas é Confessio Amantis, de John Grower, um poeta e contemporâneo de Geoffrey Chaucer, que fornece a história de Apollonius de Tiro. A segunda fonte é a versão em prosa de Layrence Twine sobre a história de Gower, The Pattern of Painful Adventures.



Ícone de esboço Este artigo sobre Teatro (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.