Perpétua e Felicidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santa Perpétua e Felicidade
Vitral de Santa Perpétua
séc. XIX. Igreja de Notre-dame de Vierson.
Nascimento Século II em Cartago, Império Romano
Morte 7 de março de 203 em Cartago, Império Romano
Veneração por Igleja Católica Ortodoxa, Igreja Católica Romana, Igrejas orientais católicas
Festa litúrgica 7 de março
Atribuições mães, grávidas, vaqueiros
Gloriole.svg Portal dos Santos


Santa Perpétua e Santa Felicidade foram martirizadas por decapitação no anfiteatro de Cartago no ano 203, na grande perseguição de Septímio Severo.

Felicidade era serva (escrava) de Perpétua, que se encontrava grávida quando de sua prisão pelas autoridades romanas e deu à luz na própria prisão. A narração da coragem demonstrada pelas mártires e de seu sacrifício é detalhadamente conservada por confessores da fé cartagineses e por um escritor de sua época. Desde longa data seu nome foi incluído no Cânon Romano da Igreja Católica e são invocadas tanto na "Ladainha dos Santos" como na "Oração Eucarística I" na parte destinada à "comemoração dos defuntos". A cripta com o nome de Santa Perpétua foi encontrada há alguns anos nas ruínas da antiga Cartago.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Perpétua e Felicidade
  • [1] Diário de Santa Perpétua e Felicidade, em latim, grego e inglês
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um santo, um beato ou um religioso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.