Persepolis (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Persepolis
Persépolis (PT)
Persepolis (BR)
 França
2007 • cor / preto-e-branco • 95 min 
Direção Marjane Satrapi
Vincent Paronnaud
Roteiro Marjane Satrapi
Vincent Paronnaud
Elenco Chiara Mastroianni
Catherine Deneuve
Danielle Darrieux
Simon Abkarian
Gabrielle Lopes Benites
François Jerosme
Género Animação, drama
Idioma Francês, persa, inglês, alemão
Página no IMDb (em inglês)

Persepolis é um filme francês de animação de 2007, baseado no romance gráfico autobiográfico homônimo de Marjane Satrapi. O filme foi escrito e dirigido por Satrapi e Vincent Paronnaud. Sua trama começa pouco antes da Revolução Iraniana, quando Marjane atinge a adolescência, e acaba quando ela é uma expatriada de 22 anos. O título é uma referência à cidade histórica de Persépolis.

O filme estreou no Festival de Cannes de 2007, onde recebeu o prêmio do júri. Em seu discurso, Marjane disse que "apesar desse filme ser universal, eu gostaria de dedicar o prêmio a todos iranianos". O filme foi lançado na França e na Bélgica em 27 de junho do mesmo ano. No Brasil, foi lançado em 30 de outubro de 2007 no Festival Internacional de São Paulo e em 23 de fevereiro de 2008 no circuito comercial.

Persepolis foi escolhido pelo governo francês para representar o país na disputa ao Oscar de melhor filme estrangeiro e, apesar de não ter sido indicado na categoria, foi um dos três indicados ao prêmio de melhor filme de animação, mas acabou perdendo para Ratatouille.

Elenco[editar | editar código-fonte]

As vozes originais, em francês, dos personagens foram dubladas pelos seguintes atores:

O filme foi lançado no Canadá em sua versão original, com legendas em inglês. Na versão lançada nos Estados Unidos, Mastroianni e Deneuve repetiram suas personagens, enquanto Sean Penn deu voz ao pai de Marjane, Iggy Pop ao tio Anouche e Gena Rowlands à avó de Marjane. Laurie Metcalf deu voz a uma personagem secundária, a mãe de um jovem adolescente.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • César
    • Venceu: Melhor filme de estreia (Vincent Paronnaud e Marjane Satrapi)
    • Venceu: Melhor roteiro adaptado (Vincent Paronnaud e Marjane Satrapi)
    • Indicado: Melhor edição (Stéphane Roche)
    • Indicado: Melhor filme
    • Indicado: Melhor música original (Olivier Bernet)
    • Indicado: Melhor som (Samy Bardet, Eric Chevallier e Thierry Lebon)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]