Personagem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Personagem é qualquer ser vivo de uma história ou obra. Pode ser um humano, um animal, um ser fictício, um objeto ou qualquer coisa que o autor inventar. Também podem ter nomes ou não, e ter qualquer tipo de personalidade. Personagens são encontradas em obras de literatura, cinema, teatro, televisão, desenho, videogames, marketing e etc. No caso de cinema, teatro e televisão são representados por Atores. O palavra deriva de persona, que no grego nomeava originalmente o orifício, no local da boca, nas máscaras de teatro por onde "personava" a voz dos atores. A mesma raiz etmológica deu origem à palavra pessoa.

Classificação das personagens[editar | editar código-fonte]

Normalmente, como por exemplo, a novela tem-se a sua importancia a classificação das personagens. Eis alguns deles:

Quanto à importância[editar | editar código-fonte]

Tabela do mundo dos tipos de personagens[editar | editar código-fonte]

Personagem Significado Exemplos de pessoas que interpretam esses tipos de personagem
Protagonista É o personagem mais importante da obra, no qual a história gira em torno dele. Geralmente é o herói e alguns casos pode existir mais de um. *Exemplos: Marion "Cobra" Cobretti do filme Cobra.

Sam Puckett das séries iCarly e Sam & Cat. Helena de Em Família

Co-protagonista É o personagem de segunda maior importância da obra. Geralmente é a pessoa que ajuda o herói e em alguns casos pode existir mais de um. Jorginho de Avenida Brasil.

Greg de Todo Mundo Odeia O Chris

Antagonista É o personagem que rivaliza o protagonista, quase sempre batalha com o mesmo no final da obra. Geralmente é o vilão e alguns casos pode existir mais de um, no entanto, o antagonista não precisa ser necessariamente uma pessoa, podendo ser um objeto, um animal ou um fato que dificulte os objetivos do protagonista (como a situação financeira do mesmo, problemas culturais e/ou sociais, deficiências físicas e/ou psicológicas etc.). Coringa de Batman.

Rosângela de Salve Jorge. Shirley de Em Família

Oponente O personagem que ajuda o antagonista. Da mesma forma que o co-protagonista em relação ao protagonista, é geralmente amigo ou parente do antagonista principal, embora às vezes trabalhe o sirva para o mesmo. Lord Cedric de Witch.
Coadjuvante ou personagem secundário É o personagem que exerce outra função na história, podendo ser ou não relacionado com a história principal. A importância dele pode variar dependente da obra. Alice Cullen de Twilight.
Figurante É um personagem que não é fundamental para o trama principal, que tem como único objetivo ilustrar o ambiente e o espaço social que são representados durante o desenrolar de uma ação da trama. Pessoas passando na rua, motoristas, torcedores, pessoas dentro de ônibus, etc.

Quanto à existência[editar | editar código-fonte]

  • Fictício ou ficcional: são personagens que não existem e são criados pela imaginação do autor, embora em alguns casos eles sejam inspirados em pessoas reais.
  • Real-ficcional: são personagens reais, mas com personalidade fictícia.
  • Ficcional-ficcional: são personagens ficcionais dentro de obras ficcionais.
  • Ficcional-real: são personagens inicialmente ficcionais, os quais passam a existir no mundo real. Personagens colocados em prática por encenação no convívio com pessoas reais, as quais não sabem que se trata de um personagem. Conceito muito utilizado em "pegadinhas" da TV, sendo um dos mais conhecidos o personagem Borat.

Ver também[editar | editar código-fonte]