Personal digital assistant

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
PalmOne LifeDrive

Personal digital assistants - assistente pessoal digital,[1] [2] (PDAs , handhelds), ou palmtop, é um computador de dimensões reduzidas (cerca de A6), dotado de grande capacidade computacional, cumprindo as funções de agenda e sistema informático de escritório elementar, com possibilidade de interconexão com um computador pessoal e uma rede informática sem fios — Wi-Fi — para acesso a e-mail e internet.

Os PDAs de hoje possuem grande quantidade de memória e diversos softwares para várias áreas de interesse.

Os modelos mais sofisticados possuem modem (para acesso à internet), câmera digital acoplada (para fotos e filmagens), tela colorida, rede sem fio embutida.

Os PDAs guardam das agendas eletrônicas somente as dimensões, pois sua utilidade e aplicabilidade estão se aproximando cada vez mais rapidamente dos computadores de mesa.

Famílias[editar | editar código-fonte]

Existem duas famílias principais de PDA no mercado hoje: Os PalmOne e os Pocket PC.

Os PalmOne utilizam o sistema operacional Palm OS da PalmSource (ex-Palm Computing), um sistema estável, mas restrito quanto ao número de fabricantes que o adoptaram. A Palm passou a adoptar o sistema Windows Mobile nos terminais com função celular como é o exemplo do Palm Treo 700 e 750v e treo 500v.

Os Pocket PC utilizam o sistema Windows Mobile (com base no Windows CE da Microsoft), que é "compatível" com o Windows e foi adotado por uma gama bem variada de fabricantes de PDA. Hoje em dia a última versão do sistema operacional para Pocket PC é a Windows Mobile 6.1. Estes PDAs utilizam programas que possibilitam a troca de dados com programas do Windows dos computadores de mesa. Existem vários grupos de língua portuguesa de referencia, de desenvolvimento e ajuda aos utilizadores desta plataforma como http://www.wince.com.br/ http://www.pocketpt.net/

Números[editar | editar código-fonte]

O número de PDAs no mundo vem crescendo de forma exponencial, mas pesquisas mostram que os Smartphones (desenvolvido através da "fusão" entre um PDA e um telefone celular) são maioria absoluta. Veja, como exemplo, a linha Treo, da Palm.

Atualmente os PDAs estão fazendo de tudo. Desde tocar MP3 e tirar fotos, até servir de controle remoto para os seus equipamentos electrónicos.

Sistemas operacionais[editar | editar código-fonte]

Existem também PDAs rodando o sistema operacional Linux. Um dos projectos mais conhecidos é o Pocket Linux, desenvolvido todo com base na distribuição do Debian, a ideia é criar um Linux extremamente fácil de manipular e utilizar, para substituir o sistema operacional proprietário de vários PDAs. A interface é simples e bem familiar aos usuários dos portáteis, e pode ser moldada através de temas que os próprios usuários podem criar, estes temas e configurações são salvos em XML podendo facilmente ser transportados para outros SO`s proprietários. O sistema tem um bom conjunto de aplicativos, como cliente de e-mail, leitor de música digital, jogos e até visualizadores de vídeo. O reconhecimento de escrita também está presente, e pode-se utilizar o teclado na tela do PDA. A indispensável sincronização com o PC também está disponível;

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Personal digital assistant

Referências

  1. Viken, Alexander (10 de abril de 2009). The History of Personal Digital Assistants 1980 – 2000 (em inglês) Agile Mobility. Visitado em 24 de outubro de 2013.
  2. History of the HP 95LX computer (em inglês) HP Virtual Museum Hewlett-Packard. Visitado em 24 de outubro de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre um tipo de computador é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.