Perspectiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa



Perspectiva (português brasileiro) ou perspetiva (português europeu) é um termo de significado amplo que possui as seguintes acepções, ainda que elas sejam bastante relacionadas umas com as outras.

  • Perspectiva atmosférica. É uma técnica de pintura na qual a atmosfera altera as tonalidades dos objetos mais distantes, diminuindo a saturação dos matizes. É o mesmo que perspectiva aérea ou perspectiva tonal.
  • Perspectiva (cognitiva). Na teoria cognitiva, é a escolha de um contexto ou referência (ou o resultado desta escolha) de onde se parte o senso, a categorização, a medição ou a codificação de uma experiência, tipicamente pela comparação com outra. Pode-se posteriormente reconhecer diversos significados de diferença sutil, como o ponto de vista, o Weltanschauung, o paradigma.
  • Perspectiva (gráfica). É um campo de estudo da geometria e, em especial, da geometria projetiva. São métodos que buscam representar os objetos em seus tamanhos e posições "corretas", tal qual a visão humana os compreende, a partir de um observador. Divide-se em várias categorias como cônica, isométrica, cavaleira, militar, entre outras, e foi desenvolvida pelos artistas a partir da transição para o Renascimento, na sua forma estrita de entendimento.
  • Perspetiva hierárquica. Usada desde a antiguidade, alterava o dimensionamento das figuras de acordo com a hierarquia das personagens.

Outras[editar | editar código-fonte]