Perth (Austrália Ocidental)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Austrália Perth  
—  Cidade  —
Centro financeiro de Perth visto do Rio Swan
Centro financeiro de Perth visto do Rio Swan
lema Floreat
(Do latim: Floresça)
Perth está localizado em: Austrália
Perth
Localização de Perth na Austrália
31° 57' 8" S 115° 51' 32" E
Estado Austrália Ocidental
Área
 - Total 5 386 km²
População (2009)
 - Total 1 650 000
    • Densidade 306,35/km2 
Sítio www.cityofperth.wa.gov.au

Perth é a capital e maior cidade do estado australiano da Austrália Ocidental. Com uma população de 1 650 000 habitantes (2009), Perth ocupa a quarta posição entre as maiores cidades do país, com uma taxa de crescimento consistentemente acima da média nacional. É também uma das metrópoles mais isoladas de todo o planeta e um importante centro comercial e industrial do país.

Perth foi fundada em 12 de junho de 1829 pelo capitão James Stirling como o centro político do livre-colono Swan River Colony. Foi colonizada principalmente por britânicos, que a fundaram a 20 km do mar. No passado teve grandes minas de ouro, sendo este seu principal produto.

Perth fica no estuário do rio Swan. O seu nome provém da cidade de Perth, na Escócia. A sua área metropolitana fica entre o Oceano Índico e uma zona baixa costeira conhecida com o nome Darling Range, abrangendo mais de 30 localidades como Fremantle, Bayswater, Canning, Stirling, Gosnells, Nedlands, Peppermint Grove, Claremont, Victoria Park e Armadale.

A cidade mais próxima de Perth com mais de um milhão de habitantes é Adelaide, que está a 2104 km de distância, o que faz de Perth a cidade de mais de um milhão de habitantes "mais isolada" do mundo.

Tem um porto bastante ativo, destinado especialmente à exportação do ouro, níquel, ferro e alumínio produzidos na Austrália Ocidental.

História[editar | editar código-fonte]

Criação da cidade.

A julgar pelos restos arqueológicos encontrados, a presença humana na área onde hoje fica a cidade de Perth, data de há pelo menos 40 000 anos.[1]

A população aborígene australiana da área diminuiu após a chegada dos primeiros colonizadores procedentes do Reino Unido da Grã-Bretanha, por causa de doenças e perseguição direta ou difusão, incluindo o alcoolismo.

As explorações na área feitas por britânicos, franceses e neerlandeses começou no início do século XVIII, embora a primeira observação documentada na Europa da região ter sido feita pelo capitão holandês Willem de Vlamingh e sua tripulação em 10 de janeiro de 1697.

Em 1827, James Stirling chegou à região e fundou um pequeno povoado que viria a ser tomado por Charles Fremantle. Em 1829, estabeleceu uma colônia que levaria a esta cidade, sendo esta a data que é considerada a fundação da cidade.

A Rainha Vitória concedeu o estatuto de cidade ao povoado, em 1856.

O maior desenvolvimento econômico de Perth começou após a descoberta de vários depósitos de ouro em Kalgoorlie e após a conclusão das obras da ferrovia transcontinental em 1917.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Imagem de satélite da cidade de Perth.

Perth é uma das áreas metropolitanas mais isoladas na Terra. A cidade mais próxima, com mais de um milhão de habitantes, é Adelaide, que está localizada a 2104 km de distância. Perth está geograficamente mais próxima de Timor-Leste ou de Jacarta (Indonésia), do que de Sydney, Melbourne ou Brisbane. É o ponto antípoda das ilhas Bermudas.

Perth está situada junto ao rio Swan, que recebe o seu nome a partir do cisne-negro. Este rio tem sido tradicionalmente conhecido pelos habitantes locais como Derbal Yerrigan. Em 1697, uma expedição holandesa capitaneada por Willem de Vlamingh atingiu o estuário do rio de água doce, o segundo em comando da expedição, Gerritt Collaert, batizado no rio por causa dos cisnes negros que habitavam.[2] O centro da cidade e a maioria dos bairros estão localizados na planície costeira do rio Swan e na costa do Oceano Índico. Os solos desta área são completamente estéreis.

Distrito central e negócios[editar | editar código-fonte]

O distrito comercial central de Perth é delimitada pelo rio Swan para o sul e leste, com Kings Park na extremidade ocidental, enquanto que as linhas ferroviárias formam uma fronteira. St Georges Terrace localiza-se na rua de destaque da área, com 1,3 milhões de m² de espaço de escritório no CDB. Hay Street e Murray Street possuem a maior parte do comércio a retalho e de entretenimento. O edifício mais alto da cidade é o Central Park, que também é o sexto edifício mais alto na Austrália, embora esteja a ser ultrapassado pelo City Square, em 2012.

Panorama da foreshore de Perth Kings Park durante a tarde.

Clima[editar | editar código-fonte]

A cidade de Perth os verões são geralmente quentes e secos, com duração de dezembro a março (como em todo Hemisfério Sul), geralmente sendo fevereiro o mês mais quente do ano, fazendo Perth um exemplo de uma cidade com clima mediterrânico (classificação climática de Köppen-Geiger). A temperatura mais alta já registrada em Perth foi de 46,2 °C (115,2 °F), em 23 de fevereiro de 1991, mas acredita-se que a temperatura naquele mesmo dia havia chegado a 46,7 °C (116,1 °F).

Os invernos são relativamente frios e chuvosos. A temperatura mais baixa registada em Perth foi -0,7 °C (31 °F), em 17 de junho de 2006. A temperatura mais baixa na área metropolitana de Perth foi -3,4 °C (25,9 °F) no mesmo dia no Jandakot Airport.

O dia mais chuvoso foi 9 de fevereiro de 1992, quando 120,6 mm de água caíram.

Nuvola apps kweather.svg Médias meteorológicas para Perth Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Alta recorde °C (°F) 45.8
(114)
46.2
(115)
42.4
(108)
37.6
(100)
34.3
(94)
28.1
(83)
26.3
(79)
27.8
(82)
32.7
(91)
37.3
(99)
40.3
(105)
44.2
(112)
46,2
(115)
Média alta °C (°F) 30.5
(87)
31.1
(88)
29.4
(85)
25.5
(78)
22.3
(72)
19.3
(67)
18.4
(65)
18.7
(66)
20.1
(68)
22.8
(73)
26.3
(79)
28.7
(84)
24,4
(76)
Média baixa °C (°F) 17.7
(64)
18.0
(64)
16.5
(62)
13.6
(56)
10.8
(51)
8.6
(47)
8.0
(46)
8.3
(47)
9.5
(49)
11.1
(52)
14.2
(58)
16.2
(61)
12,6
(55)
Baixa recorde °C (°F) 8.9
(48)
8.7
(48)
6.3
(43)
4.1
(39)
1.3
(34)
- 0.7
(31)
0.0
(32)
0.0
(32)
1.0
(34)
2.2
(36)
5.0
(41)
7.9
(46)
- 0,7
(31)
Precipitação mm (polegadas) 9
(0.35)
15
(0.59)
19
(0.75)
46
(1.81)
123
(4.84)
182
(7.17)
173
(6.81)
135
(5.31)
80
(3.15)
55
(2.17)
22
(0.87)
14
(0.55)
871
(34,29)
Média dia precipitação 2.3 2.2 4.5 6.6 12.3 15.4 17.6 15.8 15.3 9.3 6.3 4.1 111,8
Fonte: ? ?

Demografia[editar | editar código-fonte]

A população de Perth é em sua maioria constituída por descendentes de europeus. A cidade foi fundada pelos britânicos e irlandeses. Em 1971 os descendentes de britânicos residentes na cidade representavam 31% da população total de Perth.

Grupos étnicos[editar | editar código-fonte]

Em geral, Perth apresenta uma população formada grandemente de brancos, principalmente de origem britânica e irlandesa. Os mestiços do país também são notáveis, resultado da miscigenação entre os colonizadores, nativos e imigrantes das ilhas próximas da Oceania.

Em 2006, os grupos de maior ascendência na área metropolitana de Perth foram: Ingleses (168.483 pessoas), irlandeses (115.384 pessoas), escoceses (113.846 pessoas), chineses (53.390 pessoas), neozelandeses (33.751 pessoas), malaios (18.939 pessoas), sul-africanos (18.683 pessoas), italianos (18.071 pessoas) e indianos (14.007 pessoas). Havia 3.101 autóctones na cidade (0,2%). Brasileiros não totalizavam 5.000 pessoas.

A população de Perth é notável pela alta proporção de britânicos residentes na cidade. Perth possui uma densidade de britânicos maior até mesmo que a densidade de Sydney, que apresentava, em 2006, 145.261 britânicos imigrantes.

Cada ponto representa um grupo de 100 pessoas. Grupos de ingleses são identificados pelos pontos azul escuro; chineses são identificados pelos pontos em vermelho; italianos são identificados pelos pontos verde-claro; malaios são identificados pelos pontos verde-escuro; sul-africanos são identificados pelos pontos na cor marrom; singapurianos são os pontos em roxo e comunidades vietnamitas são identificadas pelos ponto em amarelo, com base no censo de 2006.

A composição étnica de Perth mudou em meados do século XX, quando um número significativo de imigrantes europeus chegaram na cidade. Antes disso, a população Perth tinha sido quase completamente anglo-celta na origem étnica. Como Fremantle foi o primeiro landfall na Austrália, para muitos navios de migrantes provenientes da Europa nos anos 1950 e 1960, Perth começou a experimentar um influxo de diversas pessoas, que incluía italianos, gregos, holandeses, alemães, croatas, bósnios, sérvios, poloneses, tchecos , russos, ucranianos, macedônios e muitos outros. A influência italiana na área de Perth foi substancial. Subúrbios que cercam a área de Fremantle, na cidade, como Spearwood e Hill Hamilton também contêm altas concentrações de italianos, croatas e portugueses. Perth também tem uma comunidade judaica - em número de 20.106 em 2006 - que emigraram principalmente da Europa Oriental e, mais recentemente, da África do Sul.

Outra onda mais recente de chegadas inclui minorias europeias da África Austral. Os nascidos na África do Sul chegaram a ultrapassar os nascidos na Itália. Atualmente, sul-africanos no país são o quarto maior grupo étnico. Até 2006, havia 18.683 sul-africanos residentes em Perth, representando 1,3% da população da cidade. Muitos zimbabwenses emigraram para Perth durante os anos 1980 e 1990, na medida em que a cidade tem sido descrito como "a capital australiana dos africanos em exílio". A frase "Embalagem para Perth" tornou-se associado com os sul-africanos que optam (ou optaram) por emigrar, às vezes, independentemente do destino. A razão para Perth ser tão popular entre os sul-africanos tem sido muitas vezes a localização (perto da África), a grande quantidade de expansão e espaço e o clima ligeiramente mais quente, em comparação com outras grandes cidades australianas.

Nas últimas três décadas, o Sudeste Asiático tornou-se uma fonte cada vez mais importante de migrantes, com as comunidades da Malásia, Indonésia, Singapura, Hong Kong, China e Índia. Havia 53 390 pessoas de ascendência chinesa em Perth em 2006 - 2,9% da população da cidade.

A comunidade da Índia inclui um número significativo de persas que migraram do mercado brasileiro - Perth é a cidade mais próxima da Austrália para a Índia. Indianos na cidade, de acordo com o senso de 2006 são em torno 14 094 pessoas, ou 0,8% da população. Perth também abriga a maior população de origem anglo-birmanês no mundo, muitos se estabeleceram na cidade após a independência da Birmânia em 1948 e agora a cidade é o centro cultural para todo o mundo anglo-birmanês. Há também um anglo substancial da população indiana em Perth, que também se instalaram na cidade após a Independência da Índia.

Política[editar | editar código-fonte]

Geminações[editar | editar código-fonte]

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]