Pesquisador independente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um professor independente designa:

Trata-se de “eruditos pela erudição”, pessoas que dispõem de um saber não institucionalizado/formalizado. Sua vantagem é a independência de qualquer camisa-de-força institucional, e a liberdade intelectual de estudar/aprofundar/teorizar o que eles querem. A desvantagem é que são economicamente dependentes de si mesmos: ou dispõem de riqueza para sobreviver e poder praticar a sua ciência, ou precisam de trabalhar numa área alheia ao seu interesse científico. Em ambos casos, a ciência torna-se um lazer.

Nos Estados Unidos, o fenômeno chama-se independent scholar; os independent scholars fundaram ali a National Coalition of Independent Scholars (“Associação nacional de eruditos independentes”).

Fontes secundárias[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]