Peste (Hungria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Peste (Pest, em húngaro; Pešť, em eslovaco; Pešta, em croata; Пешта / Pešta, em sérvio) é a porção oriental, em geral plana, da cidade de Budapeste, abrangendo cerca de dois terços do território budapestino. É separada de Buda pelo rio Danúbio. Encontram-se no centro histórico de Peste o Parlamento húngaro, a Praça dos Heróis e a Avenida Andrássy. O topônimo "Peste" advém do húngaro Pest, e este de um termo eslavo que significa "forno", "fogão".1

As referências mais antigas a Peste, que já foi uma cidade separada, datam de 1148. Nos seus primórdios, havia assentamentos celtas e romanos no local. Peste tornou-se um centro econômico importante nos séculos XI a XIII. Foi destruída na invasão mongol de 1241 mas reconstruída logo em seguida. Em 1849, foi erguida a primeira ponte pênsil (a Ponte Széchenyi) sobre o Danúbio, ligando Buda e Peste. Em 1873, estas duas cidades foram unidas, juntamente, com Ôbuda, para criar o município de Budapeste.

Era chamada de Contra-Aquincum pelos romanos (Aquincum era o nome romano para Buda).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. [www.hungarybudapestguide.com/budapest/budapest.php The origin of Buda and Pest] (em inglês).
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Hungria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.