Peter Ritchie Calder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Peter Ritchie Ritchie-Calder, Barão Ritchie-Calder (Forfar, Angus, 1 de julho de 1906Edimburgo, 31 de janeiro de 1982) foi um escritor, jornalista e acadêmico escocês.

Calder trabalhou como jornalista em Dundee e Glasgow, onde foi assinalado como um socialista e pacifista.

Após mudar-se para Londres, antes da II Guerra Mundial, aceitou o cargo de Diretor de Planos e Campanhas no Political Warfare Executive, sucursal do Governo, que foi responsável pelos esforços na guerra propagandística. Escreveu cartazes, folhetos e discursos de líderes aliados. Foi membro do 1941 Committee, um grupo de políticos liberais, escritores e outras pessoas de influência no Reino Unido. Em 1941 se tornou popular com seu livro Carry On London, que descreve os efeitos do bombardeio alemão em Londres, Coventry e outras cidades da Grã-Bretanha.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Carry On London (1941)
  • Living with the Atom
  • Born of the Wilderness
  • Men Against the Jungle
  • Men Against the Desert
  • Medicine and Men
  • Profile in Science
  • Man and the Cosmos
  • After the Seventh Day
  • The Future of a Troubled World
  • The Hand of Life
  • Science in our Lives
  • The Wonderful World of Medicine
  • Leonardo
  • The Inheritors: The Story of Man and the World he Made
  • The Pollution of the Mediterranean Sea
  • Science and Socialism
  • West Meets East
  • Dawn Over Asia
  • The Birth of the Future
  • Man and His Environment
  • Hurtling Toward 2000 A.D.
  • A Home Called Earth
  • Science in Israel

Ligações externas[editar | editar código-fonte]