Peter Turkson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Peter Kodwo Appiah Turkson
Cardeal da Santa Igreja Romana
Presidente do Pontifício Conselho Justiça e Paz

Título

Cardeal-presbítero de San Liborio
Hierarquia
Papa Francisco
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 20 de julho de 1975
Ordenação episcopal 27 de março de 1993
Nomeado arcebispo 6 de outubro de 1992
Cardinalato
Criação 21 de outubro de 2003 por João Paulo II
Brasão
Coat of arms of Peter Turkson.svg
Lema VIVERE CHRISTUS EST
Dados pessoais
Nascimento Gana Wassaw Nsuta, 11 de outubro de 1948 (65 anos)
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Peter Kodwo Appiah Turkson (Wassaw Nsuta, 11 de outubro de 1948) é um cardeal católico ganês e presidente do Pontifício Conselho Justiça e Paz no Vaticano.

Presbiterato[editar | editar código-fonte]

De 1962 a 1969 estudou no Seminário Menor Santa Teresa de Amisano; e de 1969 a 1971 no Seminário Regional São Pedro de Pedu. Cursou Teologia no Seminário St. Anthony-on-Hudson em Rensselaer, Nova York, de 1971 a 1975. Foi ordenado sacerdote, na Catedral São Francisco de Sales, em Cape Coast, no dia 20 de julho de 1975.

No período de 1975 e 1976 e depois de 1980 e 1981 foi professor no Seminário Menor Santa Teresa. De 1981 a 1987 foi professor de Sagradas Escrituras e Vice-Reitor do Seminário Maior São Pedro, neste mesmo tempo foi docente na Faculdade das Religiões da Universidade de Cape Coast, de 1984 a 1986 e capelão adjunto da mesma universidade. De 1983 a 1986 foi professor visitante do Seminário Maior de Anyama em Abidjan.

Fez estudos de pós-graduação em Roma, com especialização em Sagradas Escrituras no Pontifício Instituto Bíblico: de 1976 a 1980 conseguindo a licenciatura; e de 1987 a 1992 conseguindo o doutorado.

Episcopado[editar | editar código-fonte]

Foi nomeado Arcebispo de Cape Coast, pelo Papa João Paulo II, aos 6 de outubro de 1992 e recebeu a ordenação episcopal no dia 27 de março de 1993.

Foi padre sinodal na 1ª Assembléia Especial para a África do Sínodo dos Bispos, que aconteceu em Roma no mês de abril de 1994; Padre Sinodal nomeado por João Paulo II, na IX Assembléia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, em Roma, abril de 1994, que teve como tema a vida consagrada; e também da X Assembléia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, em outubro de 2005 sobre a Eucaristia.

De 1997 a 2005 foi presidente da Conferência dos Bispos de Gana. Foi Chanceler da Universidade Católica de Gana.

Cardinalato[editar | editar código-fonte]

Foi criado cardeal, pelo Papa João Paulo II no consistório do dia 21 de outubro de 2003 com o título de San Libório, tornando-se o primeiro cardeal ganês da história de seu país. É membro dos seguintes dicastérios vaticanos: Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos e da Congregação para a Evangelização dos Povos; do Pontifício Conselho Justiça e Paz e Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos; da Pontifícia Comissão para os Bens Culturais da Igreja e do XII Conselho Ordinário da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos.

Tomou parte como relator geral da 2ª Assembleia Especial para a África do Sínodo dos Bispos, que aconteceu em Roma no mês de outubro de 2009.

No dia 24 de outubro de 2009, o Papa Bento XVI o nomeou presidente do Pontifício Conselho Justiça e Paz.

Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.