Phaethornis eurynome

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaBeija-flor-rabo-branco-da-mata
Phaethornis eurynome.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Apodiformes
Família: Trochilidae
Género: Phaethornis
Espécie: P. eurynome
Nome binomial
Phaethornis eurynome
Lesson, 1832
Sinónimos
Phaethornis nigrirostris Ruschi, 1973

Beija-flor-rabo-branco-da-mata ( Phaethornis eurynome ) é uma espécie de ave da família Trochilidae (colibris ou beija-flores).

Característico da América do Sul, é encontrado no sudeste do Brasil, nordeste da Argentina e leste do Paraguai.

Aparência[editar | editar código-fonte]

Mede aproximadamente 15,3 cm. Em ambos os gêneros, a coloração é semelhante.
O Beija-flor-rabo-branco-da-mata possui esta denominação pela sua cauda branca, composta de duas longas penas vistas separadas ou unidas. Seu bico é longo em relação ao corpo, e é pronunciadamente curvo.

Comportamento[editar | editar código-fonte]

Visto geralmente de forma isolada, é incomum ver mais de um indivíduo ao mesmo tempo. Seu hábitat é o interior da floresta, em particular a Mata Atlântica, e arredores desta. Enquanto paira no interior da floresta, tem o hábito de emitir solitários piados curtos a intervalos de um ou dois segundos.
Embora não esteja classificada pela BirdLife International e IUCN, como espécie em perigo de extinção, sua direta dependência da floresta inspira atenção, pois a área da Mata Atlântica, historicamente vêm diminuindo.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

Os ninhos costumam ser feitos no núcleo da mata, usando qualquer vegetal como suporte. São montados não muito longe do solo e em geral próximos de recursos de água. Possui a aparência de um pequeno saco pendurado, em finos galhos da planta, por uma corda fiada de musgos e líquens, de dimensão semelhante à largura do tronco da mãe colibri.
Com cerca de 1,7 cm de comprimento e 1 cm de largura, os ovos são chocados por 17 dias. Após então, os filhotes permanecem no ninho de 22 a 23 dias, quando então o abandonam para a vida adulta.

Referências[editar | editar código-fonte]