Phenomenon (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Phenomenon
Fenómeno (PT)
Fenômeno (BR)
 Estados Unidos
1996 • cor • 123 min 
Direção Jon Turteltaub
Produção Barbara Boyle
Michael Taylor
Charles Newirth
Produção executiva Jonathan D. Krane
Charles Newirth
Roteiro Gerald Di Pego
Elenco John Travolta
Kyra Sedgwick
Forest Whitaker
Robert Duvall
Gênero drama romântico
fantasia
Idioma inglês
Música Thomas Newman
Cinematografia Phedon Papamichael, Jr.
Edição Bruce Green
Estúdio Touchstone Pictures
Distribuição Buena Vista Pictures
Lançamento Estados Unidos 5 de julho de 1996
Portugal 8 de novembro de 1996
Brasil 15 de novembro de 1996
Orçamento US$32,000,000 (est.)
Receita US$152,036,382 (est.)
Página no IMDb (em inglês)

Phenomenon (br: Fenômeno pt: Fenómeno) é um filme estadunidense, do ano de 1996, dos gêneros drama de fantasia romântica, dirigido por Jon Turteltaub, escrito por Gerald Di Pego, e estrelado por John Travolta, Kyra Sedgwick, Forest Whitaker e Robert Duvall.

No filme, um amável, homem comum de uma cidade pequena é inexplicavelmente transformado em um gênio com poderes telecinéticos. A música original foi composta por Thomas Newman. Foi filmado em Auburn, Colfax, Davis, Sacramento, Santa Rosa, Condado de Sonoma, e Treasure Island, todos no norte da Califórnia.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

George Malley, no dia de seu aniversário de 37 anos, passa por uma estranha experiência. Vê no céu uma luz muito intensa que vem em sua direção e, com o impacto é jogado ao chão. Ao se recuperar, nota que algo estranho lhe aconteceu pois, nos dias seguintes, consegue fazer coisas que jamais tinha conseguido como ler diversos livros em poucas horas, aprender novas línguas em questão de minutos e jogar xadrez como um mestre. Quando um amigo, radio amador lhe mostra uma transmissão militar codificada, em código morse, ele consegue decifrá-la instantaneamente e, faz com que o amigo transmita uma resposta. Esta ação faz com que a atenção dos militares seja atraida para sua pessoa e, começam a assediá-lo para que use seus novos poderes para fins militares. Ele não concorda pois acha que este novo dom deve ser usado para o bem da humanidade. Aos poucos, descobre que tambem esta desenvolvendo um tumor no cérebro que é inoperável e acabará por matá-lo.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

John Travolta é George Malley.
Nome Personagem
John Travolta George Malley
Kyra Sedgwick Lace Pennamin
Forest Whitaker Nate Pope
Robert Duvall Doc Brunder
Jeffrey DeMunn Prof. John Ringold
Richard Kiley Dr. Wellin
David Gallagher Al Pennamin
Ashley Buccille Glory Pennamin
Tony Genaro Tito
Sean O'Bryan Banes
Michael Milhoan Jimmy
Troy Evans Roger
Bruce A. Young Jack Hatch
Vyto Ruginis Ted Rhome
Brent Spiner Dr. Bob Niedorf
Elisabeth Nunziato Ella
Ellen Geer Bonnie
James Keane Pete
Susan Merson Enfermeira
Mark Valim Alberto
Michael Forner Charlie Shipper
Anni Long Major Benz
Sandy Stoltz Duck Carnie
Tony A. Mattos Pai de Ella
James Anthony Cotton Cal
Justin DiPego Homem do UFO

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas mistas dos críticos, e mantém uma média de 50% no Rotten Tomatoes com base em 34 avaliações.[1]

O filme foi um sucesso de bilheteria, tendo ganho mais de $16,000,000 milhões de dólares em sua semana de estréia, estreando na terceira posição e, posteriormente, subindo para segundo. Ele finalmente arrecadou $104,636,382 nos EUA e $47,400,000 dólares em outras regiões, arrecadando cerca de $152,000,000 milhões de dólares em geral.

A cena em que Malley pede a Pennamin: "Ei, você, uh, me amar pelo resto da minha vida?" e ela responde: "Não, eu vou te amar para o resto da minha" foi inspirado no single de 1997 de Trace Adkins "The Rest of Mine".[2]

Outros nomes do filme[editar | editar código-fonte]

Kyra Sedgwick é Lace Pennamin.
Nome País(es)
Fenomen Polônia / Eslovênia / Suécia
Phenomenon - Das Unmögliche wird wahr Áustria / Alemanha
Феномен Russia
Csodabogár Hungria
Fainomeno Grécia
Ihmeiden aika Finlândia
Livets små mirakler Dinamarca
Mucize Turkey
Phénomène França
Phenomenon: algo extraordinario más allá del amor Espanha

Premiações[editar | editar código-fonte]

Travolta e Whitaker ambos ganharam um Blockbuster Entertainment Awards por suas atuações em 1997. Além disso Whitaker recebeu um Image Awards. No mesmo ano, o filme foi indicado para o prêmio Saturn. Travolta foi indicado ao MTV Movie Award por sua atuação, bem como para Melhor Beijo com Kyra Sedgwick. Eric Clapton foi nomeado para sua canção Change the World e ganhou um prêmio ASCAP e a BMI Film & TV. Thomas Newman também recebeu um BMI Film & TV Award para a trilha sonora.

Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Films
Categoria Melhor Filme de Fantasia
Image Awards
Categoria Melhor Ator Coadjuvante Forest Whitaker
MTV Movie Awards
Categoria Melhor Beijo John Travolta e Kyra Sedgwick
Categoria Melhor Ator John Travolta
Categoria Melhor Canção Eric Clapton
NCLR Bravo Awards
Categoria Melhor Ator Tony Genaro
Young Artist Awards
Categoria Melhor Atriz Adolescente ou Criança Ashley Buccille
ASCAP Film and Television Music Awards
Categoria Melhor Canção Gordon Kennedy, Tommy Sims e Wayne Kirkpatrick pela canção Change The World
BMI Film & TV Awards
Categoria Prêmio BMI Film Music Thomas Newman
Categoria Melhor Interpretação Musical Wayne Kirkpatrick pela canção Change The World
Blockbuster Entertainment Awards
Categoria Melhor Ator Dramático John Travolta
Categoria Melhor Ator Coadjuvante Forest Whitaker

Phenomenon II[editar | editar código-fonte]

Em 1 novembro de 2003 um filme para a televisão intitulado Phenomenon II foi transmitido na rede ABC. Foi dirigido por Ken Olin e estrelado por Terry O'Quinn, Jill Clayburgh e Christopher Shyer como George Malley. Apesar de ter sido anunciado como uma sequência do filme, Phenomenon II é na verdade um remake parcial do filme original, essencialmente recontar a história original, acrescentando novos personagens e introduzindo uma sub-trama envolvendo a NSA. O final aberto do telefilme sugere que pode ter servido como um piloto para uma nova série de TV, apesar de uma série Phenomenon não ter se concretizado.

Referências

  1. Rotten Tomatoes entrada para Phenomenon.
  2. Flippo, Chet. (13 de setembro de 1997). "Adkins gets 'Big Time' radio rush". Billboard.
  3. a b IMDB Awards.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]